Alonso “vai para a galera” depois de abandono no Canadá

35,857 visualizações

Depois de enfrentar problemas mecânicos mais uma vez, espanhol sobe às arquibancadas e lamenta: “É um período difícil para a equipe”

Fernando Alonso esperava quebrar o jejum e enfim marcar seus primeiros pontos no ano no GP do Canadá. No entanto, a prova terminou com mais uma frustração, e o espanhol literalmente terminou “na galera”.

A quatro voltas para o fim, Alonso ocupava o décimo lugar em Montreal, o que daria à McLaren seu primeiro ponto no ano. Contudo, o equipamento mais uma vez não fez sua parte: o bicampeão sofreu uma falha mecânica e teve de abandonar.

Foi quando o espanhol foi às arquibancadas do circuito, dividindo o espaço com os fãs. Depois do momento, Alonso explicou o que se passou em sua cabeça.

 

Pensei em descer do carro e jogar minhas luvas, mas vi que era longe demais. Então, pensei em me aproximar, e, quando fui lá, pensei que ficaria a tarde inteira, porque seria difícil de sair. Mas foi legal – tenho muito suporte da torcida sempre por aqui, então quis retribuir”, comentou Alonso, em entrevista à emissora de TV inglesa Sky Sports

No entanto, Alonso não deixou de expressar sua insatisfação com a má fase. “É um problema da equipe. Os pilotos tentam andar o mais rápido possível, eu e Stoffel [Vandoorne] tentamos fazer nosso melhor, então é um problema da equipe. Jenson [Button] largou em último em Mônaco [após uma punição por problemas no motor], eu perdi os pontos aqui e provavelmente vamos largar em último em Baku. Então, é um período difícil”, completou.

Com o resultado, a McLaren permanece como a única equipe que ainda não pontuou em 2017.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Tipo de artigo Últimas notícias