Alonso volta atrás e se garante no teste de Silverstone

Espanhol havia surpreendido na quinta-feira na Alemanha ao dizer que só iria "obrigado" à Inglaterra

Fernando Alonso voltou atrás e decidiu se colocar à disposição da Ferrari para os testes de Silverstone, que serão realizados na semana que vem. Inicialmente, o espanhol acreditava que seria muito perigoso voltar ao palco onde ocorreram vários problemas com os compostos. Porém, mudou de idéia depois que foi decidido que as equipes poderiam usar o tempo de pista para experimentar novas peças.

“Quando chegamos na Alemanha na quinta-feira, o teste de Silverstone não parecia tão importante porque os pilotos só testariam os pneus”, reconheceu Alonso. “Mas depois que ouvi o que a FIA tinha a dizer, foi confirmado que podemos testar updates, o que torna a proposta mais sensata. Se a equipe me chamar, estou pronto para ir.”

Alonso havia surpreendido na quinta-feira, quando negou a informação da própria Ferrari de que testaria na Inglaterra. O espanhol acreditava que o teste era pouco útil – e muito perigoso – e afirmou que só iria se fosse obrigado pela equipe.

“Não tenho intenção de ir aos testes de Silverstone. Logicamente, se a Ferrari me obriga, terei de ir porque é a minha equipe e eles podem me obrigar”, afirmou, antes que a FIA divulgasse a possibilidade de testar também novas peças, além dos pneus.

“Testar pneus protótipos no mesmo circuito e com o mesmo carro com os quais houve problemas de segurança não é minha intenção. Não sou piloto de testes da Pirelli. Já está comprovado que é perigoso, então ainda está no ar se vou ou não ao teste.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias