Ameaças de protestos fazem Canadá restringir acesso dos fãs

compartilhar
comentários
Ameaças de protestos fazem Canadá restringir acesso dos fãs
Por: Julianne Cerasoli
4 de jun de 2012 09:08

Tradicional abertura do pitlane na quinta-feira foi cancelada pelos organizadores, temendo manifestações de estudantes

Fãs caminham pelo pitlane em Montreal

Temendo protestos estudantis, os organizadores do GP do Canadá cancelaram a abertura do circuito Gilles Villeneuve para visitação dos fãs em geral. Geralmente às quintas-feiras, o pitlane fica aberto para que o público possa chegar mais perto dos carros.

Contudo, após ameaças de protestos por parte de grupos estudantis, que reclamam da alta das taxas cobradas pelas escolas, os canadenses decidiram evitar o acesso.

“Depois de um cuidadoso exame da situação após ameaças públicas, cuja gravidade e validade são de difícil medição, os organizadores concluíram que será necessário restringir o acesso ao Circuito Gilles Villeneuve e precisamente ao pitlane da F-1 no dia anterior às primeiras sessões na pista”, afirmaram os organizadores por meio de comunicado à imprensa.

Próxima Fórmula 1 matéria
Marussia aposta em corrida maluca para recuperar o 10º lugar

Previous article

Marussia aposta em corrida maluca para recuperar o 10º lugar

Next article

GP do Canadá terá apenas uma zona de ativação da asa móvel

GP do Canadá terá apenas uma zona de ativação da asa móvel
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias