Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise técnica: As novidades nos bargeboards da Red Bull

compartilhar
comentários
Análise técnica: As novidades nos bargeboards da Red Bull
Giorgio Piola
Por: Giorgio Piola
Co-autor: Matt Somerfield
27 de jun de 2018 14:52

A Red Bull continuou seu ataque às rivais Mercedes e Ferrari com mais ajustes de aerodinâmica para o GP da França.

Sem se deter pelo déficit de potência que enfrenta em relação a suas principais rivais, a equipe está claramente dando todos os seus esforços para garantir que o desempenho de seu chassi seja o melhor possível.

Uma de suas principais áreas de mudança tem sido os bargeboards, que agora são incrivelmente complexos. Os regulamentos de 2017 ofereceram aos desenhistas modos de criar mais livremente nesta região do carro.

A Red Bull fez o maior progresso neste aspecto, já que começou com um dos bargeboards menos complexos do grid de 2017 e foi adicionando complexidade aos poucos para melhorar a produção geral do carro.

As mudanças mais recentes, conforme detalhado na animação acima, foram palhetas giratórias adicionais colocadas na placa de base serrilhada, enquanto as existentes foram todas modificadas para complementá-las também.

As alterações feitas nesta área do carro são frequentemente combinadas com outras coisas também, pois a equipe procura unificar as estruturas de fluxo para obter um aumento geral no desempenho - dando aos pilotos a confiança para dar o máximo do carro.

A esse respeito, a atualização é uma otimização adicional do que foi introduzido pela primeira vez na Espanha, já que a equipe adicionou três aletas adicionais na extremidade inicial do assoalho, documentadas, com algumas das outras mudanças, na animação 3D acima.

Red Bull Racing RB14 diffuser comparsion

Red Bull Racing RB14 comparação difusor

Foto: Giorgio Piola

Como parte do pacote de atualizações do GP da França, o difusor também foi modificado, com a seção central se tornando o ponto focal desta atualização específica.

O perfil da transição foi descartado em favor de uma geometria mais suave.

Próxima Fórmula 1 matéria
Mercedes: Bottas perdeu 5% de downforce após toque de Vettel

Previous article

Mercedes: Bottas perdeu 5% de downforce após toque de Vettel

Next article

Isolada em 4º, Renault planeja mudar foco para 2019 antes

Isolada em 4º, Renault planeja mudar foco para 2019 antes

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Giorgio Piola
Tipo de matéria Análise