Análise técnica de Giorgio Piola
Assunto

Análise técnica de Giorgio Piola

Análise técnica: Como serão os novos retrovisores da F1

compartilhar
comentários
Análise técnica: Como serão os novos retrovisores da F1
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
Co-autor: Giorgio Piola
18 de jul de 2018 13:19

Os designs dos espelhos da Fórmula 1 estarão sob os holofotes na próxima semana, quando os chefes técnicos se reunirem com a FIA para discutir possíveis mudanças para ajudar a melhorar a visibilidade dos pilotos.

 

Como revelado pelo Motorsport.com, a FIA quer mover os espelhos para que a visão dos pilotos não seja obstruída pela borda superior dos sidepods e pelas asas traseiras mais largas, como tem acontecido cada vez mais.

Embora uma tentativa da FIA de estipular um novo local para os retrovisores por razões de segurança tenha sido redigida por questões de procedimento, a proposta mostra o que o órgão está tentando alcançar.

Como mostram os desenhos exclusivos de Giorgio Piola, o local originalmente proposto pela FIA é mais alto e mais distante do que os espelhos atuais.

Mercedes AMG F1 W09 mirrors comparsion measure
Mercedes AMG F1 W09 comparação retrovisores

Foto: Giorgio Piola

A ideia (mostrada acima) era que o ponto central do espelho estivesse 640 mm acima do plano de referência e a 450 mm do ponto central do carro. Uma tolerância de 5 mm seria permitida.

Anteriormente, os espelhos tinham que estar situados entre 200mm e 550mm da linha central do carro e não haveria limite de altura.

Mercedes AMG F1 W09 mirror position comparsion
Mercedes AMG F1 W09 comparação posição retrovisores

Foto: Giorgio Piola

Como pode ser visto na ilustração acima, o novo projeto levanta o espelho, o tirando do campo da superfície superior do sidepod e da asa traseira.

A mudança de regulamento em 2017 para uma asa traseira mais larga significou que havia mais chance de a visão ser bloqueada pela endplate.

Mercedes AMG F1 W08 and W07 mirror comparsion
Mercedes AMG F1 W08 e W07 comparação retrovisores

Foto: Giorgio Piola

A FIA espera que novas regras possam ser acordadas para entrar em vigor no final deste ano, sem a necessidade de que o Conselho Mundial de Automobilismo empurre através de mudanças no terreno da segurança.

Preocupações com a falta de visibilidade aumentaram este ano, com um quase acidente entre Sebastian Vettel e Carlos Sainz na classificação para o GP da Áustria sendo prova de que uma mudança deveria ocorrer.

No GP da Grã-Bretanha, a Mercedes também experimentou um novo local para seus espelhos em uma tentativa de ajudar a melhorar a visibilidade de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas.

Mercedes AMG F1 W09 mirrors
Mercedes AMG F1 W09 espelhos

Foto: Giorgio Piola

Próxima Fórmula 1 matéria
Miami fará votação na próxima semana para ter GP de F1

Previous article

Miami fará votação na próxima semana para ter GP de F1

Next article

Haas descarta expansão em meio a incertezas sobre 2021

Haas descarta expansão em meio a incertezas sobre 2021
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Análise