Análise Técnica: O misterioso volante de Vettel

compartilhar
comentários
Análise Técnica: O misterioso volante de Vettel
Edd Straw
Por: Edd Straw
Co-autor: Jonathan Noble
23 de abr de 2018 18:58

A Ferrari está no centro da uma nova intriga técnica da Fórmula 1 com a aparição de uma nova pá misteriosa no volante de Sebastian Vettel

O novo elemento, que aparece apenas no carro de Sebastian Vettel e não está sendo usado por Kimi Raikkonen, alimentou a especulação de que a equipe encontrou uma maneira inteligente de aumentar seu desempenho por meio da mudança de algumas configurações do carro.

A Ferrari tentou manter a presença do comando em segredo, mas foi vista após a pole position do alemão no GP do Bahrein, quando ele parou no grid para as entrevistas pós-classificação.

Ela está no lado direito do volante, acima da embreagem e do câmbio.

A Ferrari está de boca fechada, mas negou rumores de que a novidade está sendo usada para alterar as configurações do mapa de motor.

Tal comportamento é improvável, no entanto, a FIA deixou claro na pré-temporada de que iria reprimir com força as equipes que tentarem alterar as configurações de motor.

Falando sobre a asa traseira da Renault e o que as equipes podiam ou não fazer, Charlie Whiting disse: "Eu não vejo nenhum problema com isso, desde que tenhamos certeza de que eles não estejam operando seu motor em um modo falso, um modo que não iria ser normal."

Sensor rotativo

O remo da Ferrari pode, no entanto, estar ligado a algum tipo de configuração que precisa ser mudada no meio do caminho, seja no diferencial, no mapeamento do motor ou no controle de energia, porque seu posicionamento parece ser deliberado para permitir que ele seja usado quando o volante estiver sendo virado.

Além disso, o fato de a pá ter um sensor rotativo significa que ela pode ser ajustada em etapas incrementais, em vez de simplesmente ser uma chave liga-desliga.

O analista técnico Craig Scarborough disse: "Quando notei isso pela primeira vez, coloquei isso como uma daquelas pequenas mudanças, mas há algo incomum sobre este remo.”

"Você pode ver que há um sensor rotativo lá, então é uma coisa variável. Então não está trocando algo, está exigindo algo, aumentando ou diminuindo ao redor do carro."

Força do volante

Não é a primeira vez que a Ferrari faz ajustes nos controles no volante.

Quando a FIA mudou as regras antes da temporada de 2017 para permitir apenas uma única embreagem para aumentar a influência do piloto na largada, as equipes introduziram vários sistemas modificados.

Ferrari SF16-H, back view of Kimi Räikkönen's steering wheel
Photo by: Giorgio Piola

A Ferrari trouxe um dispositivo (acima) para permitir que os pilotos sentissem melhor e controlassem a tração das rodas traseiras em meio às regras que forçavam uma relação linear entre a aplicação de remos e o acelerador.

Antes disso, era possível que as pás da embreagem fossem mapeadas para dar uma janela mais larga para fazer a largada perfeita.

Mercedes F1 W08 steering of Lewis Hamilton
Photo by: Giorgio Piola

Mas durante os testes de pré-temporada no ano passado, Lewis Hamilton correu com dois remos para a embreagem que permitiram ao piloto colocar os dedos dentro de um controle maior (acima).

Ferrari SF71H steering wheel comparsion Vettel and Raikkonen
Photo by: Giorgio Piola

Estes foram refinados para a primeira corrida da temporada desde a especificação de teste (esquerda) até a especificação correta (direita).

Ferrari SF70H steering wheel comparsion Vettel and Raikkonen
Photo by: Giorgio Piola

Para o GP da Espanha de 2017, a Ferrari introduziu uma solução semelhante no volante de Vettel (acima), que foi inicialmente construído em titânio e depois em fibra de carbono.

Vettel manteve o sistema até o GP de Cingapura do ano passado, quando ele teve uma largada ruim e depois colidiu com Max Verstappen. Depois disso, ele voltou ao mesmo sistema de Raikkonen para o GP do Japão.

Próxima Fórmula 1 matéria
Ex-chefe da Manor deixa cargo na Toro Rosso

Previous article

Ex-chefe da Manor deixa cargo na Toro Rosso

Next article

Porsche espera por regulamento de motores de 2021 da F1

Porsche espera por regulamento de motores de 2021 da F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Edd Straw
Tipo de matéria Análise