Aos 34 anos, Massa se diz sem pressa para definir futuro

Vencedor de 11 corridas na Fórmula 1, piloto paulista se diz ansioso para correr em 2017, mas só com “boa oportunidade”

Sexto na temporada de 2015 da Fórmula 1, Felipe Massa reconhece que está nos últimos anos da carreira na principal categoria do automobilismo. Após 15 poles e 11 vitórias, é um dos mais experientes atualmente no campeonato.

Seu contrato com a Williams termina no fim de 2016. Perguntado se sente alguma pressão de decidir o mais rápido possível seu futuro, Felipe negou.

"Eu acho que nenhuma pressão", disse ao site F1i.

"Eu só preciso esperar um pouco até o início da nova temporada. Espero que possamos começar bem, espero que possamos ter uma boa temporada e depois vamos decidir o que fazer. Quando nada está no papel, você não sabe.”

"Também em 2017 tudo vai mudar, o que pode até mesmo ser positivo para que eu fique, mas acho que vou ter tempo para decidir e ver quais são as opções que eu terei mesmo se ficar nessa equipe – que eu gosto muito. Se ficarei com a Williams ou não, não sei. Vai levar um pouco de tempo para decidir."

Mesmo com os novos regulamentos técnicos revelando uma perspectiva atraente para permanecer na F1, Massa diz que pode se aposentar senão conseguir lutar por posições de ponta.

"Se tiver uma boa oportunidade, estou ansioso para 2017", falou. "Se tiver uma equipe que pode me dar um carro competitivo. Isso é o que eu estou procurando em primeiro lugar.”

"Caso contrário, talvez seja o momento de sair, não sei. Precisamos esperar e ver. Agora é impossível responder isso."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias