Apesar de abandono de Vettel, Horner destaca aprendizado no set up

Chefe da Red Bull fala que quebra de Vettel a poucas voltas da vitória foi 'dolorosa', mas comemora ritmo

Em relação ao campeonato, o GP de Silverstone foi um tanto frustrante para a Red Bull, mesmo com o segundo lugar de Mark Webber. Isso porque Sebastian Vettel, o principal candidato do time ao título de pilotos, estava liderando a prova a poucas voltas do fim, mas teve o carro quebrado, após falha no câmbio.

Ouvido pelo TotalRace depois da corrida, o chefe do time Christian Horner lamentou bastante o ocorrido. “Foi doloroso. Vettel havia conseguido uma ótima posição, liderando a corridas a 11 voltas do fim e estava controlando a diferença, com tudo para vencer o Grande Prêmio da Inglaterra, então foi realmente uma pena seu abandono”, comentou.

“É muito raro ter falhas mecânicas na caixa de câmbio e, infelizmente, aconteceu em Silverstone”, acrescentou Horner, que, pelo menos, achou o positivo o bom ritmo de corrida do carro número 1. “É o que nos consola. Aprendemos neste fim de semana a desenvolver um melhor acerto para os carros e estivemos bastante competitivos na corrida”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias