Apesar de toque na largada e pneu estourado, McLaren tem dupla no Top 10

compartilhar
comentários
Apesar de toque na largada e pneu estourado, McLaren tem dupla no Top 10
Por: Guilherme Carvalho
6 de out de 2013 11:18

Button foi tocado na largada e precisou parar mais cedo, mesmo assim foi o 8º. Pérez foi o 10º, após superar furo no pneu

Apesar de seus dois pilotos terem tidos problemas durante o GP da Coreia do Sul, a McLaren conseguiu botar os dois carros na zona de pontuação e está cada vez mais consolidada na quinta colocação do campeonato de construtores. Button foi o 8º e Pérez chegou na 10ª colocação, mesmo após ter um pneu estourado.

Para Button, o 8º lugar foi satisfatório, embora a 7ª posição tenha escapado no final da corrida. “Fiquei um pouco desapontado por ter perdido o 7º no final, mas nossos pneus já estavam bem destruídos e não havia como segurar o Nico. E considerando nossos problemas, conquistar 4 pontos hoje era mesmo o melhor possível”, disse o inglês, que sofreu um toque logo na largada e precisou fazer sua primeira parada nos boxes muito cedo.

“Na curva três sempre tem uma confusão e dessa vez um carro foi atingido e acabou batendo em mim. Isso danificou minha asa dianteira, o que não ocasionou perda de rendimento, mas começou a modificar a temperatura, por isso tive de ir aos boxes”, relatou. Essa parada fez com que o último stint tivesse de ser mais longo, o que não foi bom para os pneus. “No final, nossos pneus deram 33 voltas no último stint, contra 18 voltas do conjunto anterior, então o 8º lugar foi um bom resultado”, completou Button.

Já Sérgio Pérez teve um pneu estourado um pouco antes da metade da prova, mas mesmo assim ainda conseguiu se recuperar e chegar em 10º. O mexicano lamentou o azar do incidente. “Definitivamente, merecíamos mais hoje. Estivemos bem azarados. Em relação ao estouro do pneu, tudo bem que o jogo já estava um tanto velho, já tinha feito 21 voltas com ele, mas travei no mesmo ponto de sempre e o pneu dianteiro direito simplesmente estourou. Sorte que não havia nenhum carro ao redor”, explicou. “Foi algo bem decepcionante, que destruiu todo o progresso que a gente tinha feito durante o final de semana”, completou.

Pérez ainda protagonizou uma acirrada disputa com o brasileiro Felipe Massa. Ambos chegaram a se tocar, mas a direção da prova não viu motivo para punições. “Estávamos lutando por pontos e é muito difícil conquistá-los. Na primeira vez, eu achei que ele deixaria mais espaço, mas ele virou, tentei frear e nos tocamos. Fiquei satisfeito que os comissários julgaram como incidente de corrida”, finalizou o mexicano.

Próxima Fórmula 1 matéria
Lewis: "Se estivesse na ponta, tinha velocidade para vencer"

Previous article

Lewis: "Se estivesse na ponta, tinha velocidade para vencer"

Next article

Williams conta com abandono de rivais, mas não pontua na Coreia

Williams conta com abandono de rivais, mas não pontua na Coreia
Load comments