Após 22 anos, o alemão Norbert Haug deixa a Mercedes

Profissional era o chefe de automobilismo da montadora e foi o responsável pela volta da marca à Fórmula 1

Responsável pelo programa de automobilismo da Mercedes por 22 anos, o alemão Norbert Haud anunciou que está deixando a montadora alemã. O profissional foi o chefe da operação de retorno da marca à Fórmula 1, em 1994, como fornecedora de motores, e da compra da equipe Brawn, trazendo de volta o nome da Mercedes ao grid como equipe após o sucesso da década de 1950.

“Gostaria de agradecer à melhor montadora de carros no mundo por mais de 22 anos, em que nunca faltou paixão por um só momento. Eu particularmente gostaria de agradecer a todos do conselho por sua confiança e liberdade que me deram em todas as atividades.”

Durante sua época na Mercedes, a marca foi seis vezes campeã do mundo e conquistou 87 vitórias, sendo apenas uma, no GP da China de 2012, como construtora.

“Desde 1991, tivemos grandes conquistas e vitórias, pelas quais quero agradecer a todos meus colegas. Infelizmente, com apenas uma vitória desde que começamos com nossa equipe oficial em 2010, não cumprimos com nossas expectativas. No entanto, tomamos os passos certos para ter sucesso no futuro. Nossa equipe e nossos pilotos farão de todo para atingir essas metas.”

Haug não revelou quais seus planos após a saída da montadora.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias