Após acidente, Alonso recebe novo motor para GP do Bahrein

Enquanto unidade de potência que estava no carro acidentado em Melbourne segue sendo analisada, espanhol recebe segundo motor para utilizar em Sakhir

O acidente espetacular sofrido por Fernando Alonso pode não ter deixado ferimentos no corpo do piloto, mas 'machucou' a McLaren do espanhol. A Honda anunciou que Alonso será obrigado a utilizar o segundo motor do ano já na segunda prova da temporada, o GP do Bahrein.

A unidade de potência utilizada em Melbourne foi enviada para o Japão para que os engenheiros determinassem a amplitude dos estragos e as primeiras indicações não são promissoras.

Enquanto o trabalho continua, os japoneses decidiram que Alonso utilizaria uma nova unidade de potência em Sakhir para que a fabricante possa analisar com calma os danos sofridos na batida em Albert Park. 

"Há uma grande possibilidade de grande parte dos componentes da unidade de potência ter sido danificada no acidente sofrido por Fernando em Melbourne", disse uma porta-voz da Honda.

"Ainda é cedo para afirmar se há alguma parte que poderá ser reutilizada. Por esta razão, Alonso utilizará uma nova unidade de potência no GP do Bahrein", completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pista Bahrain International Circuit
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias