Após acidente, repórteres de TV e câmeras estão banidos dos boxes

compartilhar
comentários
Após acidente, repórteres de TV e câmeras estão banidos dos boxes
Por: Julianne Cerasoli
11 de jul de 2013 08:10

Decisão foi tomada pela FOM após cinegrafista ser atingido pela roda do carro de Webber durante o GP da Alemanha

A detentora dos direitos televisivos da Fórmula 1, a FOM, decidiu banir todos os repórteres de televisão e cinegrafistas do pitlane em todas as sessões – de treinos livres e oficiais – dos GPs.

A decisão foi tomada após um cinegrafista da própria FOM, responsável pela transmissão das corridas, foi atingido por uma roda que se soltou do carro de Mark Webber durante o GP da Alemanha.

Porém, como a FOM não controla os jornalistas de mídia escrita e fotógrafos, sua presença continua sendo permitida.

É a segunda medida tomada após o acidente. Ontem, foi anunciado que duas mudanças que haviam sido aprovadas para o ano que vem vão acontecer já nesta temporada: a partir do GP da Hungria, próxima etapa, todos os que trabalham nos carros a deverão usar proteção na cabeça, enquanto a velocidade no pitlane será reduzida de 100km/h para 80km/h. Nos circuitos de rua de Melbourne, Mônaco e Cingapura, o máximo segue sendo 60km/h. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Boullier: "A Red Bull está se esforçando para ter Kimi"

Previous article

Boullier: "A Red Bull está se esforçando para ter Kimi"

Next article

Red Bull culpa mecânico por falha no pit stop de Webber

Red Bull culpa mecânico por falha no pit stop de Webber
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias