Após acidente, Wehrlein perde teste de Barcelona

Com costas ainda machucadas, piloto da Sauber será substituído pelo italiano Antonio Giovinazzi

Após se contundir em um acidente durante a Race of Champions no mês passado, disputada em Miami, o alemão Pascal Wehrlein será substituído na primeira bateria de testes de pré-temporada pelo italiano Antonio Giovinazzi, terceiro piloto da equipe Ferrari.

Testes físicos revelaram uma lesão nas costas de Wehrlein, e o alemão foi aconselhado a não fazer o primeiro teste de pré-temporada, que começa em 27 de fevereiro, para permitir um tempo maior de recuperação.

A Sauber ainda precisa confirmar oficialmente a mudança, mas um anúncio é esperado nos próximos dias.

Wehrlein realizará mais exames médicos para saber sua disponibilidade para o segundo teste, que terá início em 7 de março.

A chefe da Sauber, Monisha Kaltenborn, tem discutido com a Ferrari a liberação de Giovinazzi. A equipe suíça está interessada em contar com o atual vice-campeão da GP2, mas o acordo tem sido complicado dado os seus deveres na Ferrari. No entanto, o time italiano, que cede motores à Sauber desde 2010, deverá liberar Giovinazzi.

O italiano vai dividir os testes com Marcus Ericsson, com cada um guiando em dois dos quatro dias em Barcelona.

O Motorsport.com pode afirmar que há uma opção para que o acordo continue no segundo teste de Wehrlein caso este não se recupere a tempo.

Giovinazzi guiou um carro de F1 pela primeira vez no início deste mês quando testou o carro da Ferrari de 2015 em Fiorano.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Pascal Wehrlein , Antonio Giovinazzi
Equipes Sauber
Tipo de artigo Últimas notícias