Após bom início, Sauber lamenta eliminação dos dois pilotos no Q2

Pérez, punido, sairá em 17º. Koba herdou o 12º posto. Time foi um dos destaques com pista seca, mas não foi bem na chuva

Koba:

Com o quinto lugar de Pérez ontem nos treinos livres e as boas colocações hoje no Q1, a Sauber foi para o Q2 cheia de otimismo, mas seus pilotos não conseguiram passar para a etapa seguinte. Pérez fez o 12º tempo, mas foi punido por atrapalhar Kimi Raikkonen e Fernando Alonso. Com isso, largará apenas em 17º. Kobayashi, que fez o 13º tempo, herdou seu posto.

“Só escutei pelo rádio que Kimi vinha atrás de mim, mas não consegui vê-lo. Estava muito difícil para enxergar alguma coisa”, justificou o piloto mexicano. “Foi um sessão muito difícil para mim, fiquei preso no trânsito, tinha muitos carros na minha frente, mas não pude recuar, porque havia vários atrás também. Estava difícil controlar o carro nessa situação”, disse o piloto da Sauber.

“Foi uma lástima, pois parecia realmente promissor para nós no seco e ontem andei bem também na chuva. Mas, quando mudamos para pneus intermediários, não deu certo. Espero recuperar amanhã na corrida”, concluiu o mexicano.

Seu companheiro de equipe, Kamui Kobayashi, fez o 13º tempo e acabou herdando justamente a posição de Pérez. Assim, largará em 12º. “Foi uma pena, pois, se continuasse com pista seca, iríamos tranquilamente ao Q3. Estávamos com um ótimo ritmo nessas condições, deu até para salvar um jogo de pneu macio”, comentou. “No seco. o carro é realmente bom”.

O japonês, que não foi bem ontem na chuva, disse que o carro melhorou também nessas condições. “Não estamos tão bem quanto no seco, mas encontramos alguns erros e fizemos mudanças, então não tive de lutar tanto com o carro como na sexta-feira”, revelou o piloto.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Pilotos Kamui Kobayashi , Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias