Após briga em Mônaco, Hamilton afirma que resolução com Rosberg foi “fácil”

compartilhar
comentários
Após briga em Mônaco, Hamilton afirma que resolução com Rosberg foi “fácil”
5 de jun de 2014 15:11

Vencedor de três GPs do Canadá, Lewis também aceita opção do time de privilegiar piloto que está à frente na pista

Lewis Hamilton e Nico Rosberg fizeram as pazes após a última corrida em Mônaco. O britânico saiu contrariado do principado há duas semanas dizendo que o companheiro havia errado de propósito na classificação para prejudicá-lo. Mas, segundo ele, tudo foi resolvido muito facilmente na última semana.

“Foi na verdade muito fácil. Nós só nos encontramos, nos falamos e resolvemos tudo”, falou ao TotalRace.

“Depois disso, nos focamos na equipe. Tentar levar energia positiva para a equipe, pois queremos lutar pelo ano. Nosso pessoal merece ganhar o campeonato de construtores, e depois disso vamos ver quem ganha o de pilotos.”

“Acho que foi importante fazer as pazes com Nico pela equipe. Nos conhecemos por muito tempo, tivemos tempos difíceis correndo juntos quando éramos mais jovens. Obviamente ter mais experiência nos ajuda a passar por essas coisas. Resolvemos isso e estamos tentando mandar energia positiva para a equipe. Ele quer me bater eu quero batê-lo, nada mudou aí.”

Para Lewis, fazer as pazes com Nico pode ser uma das chaves para o título. “Na vida você às vezes se frustra um pouco, mas aí olha para trás e diz: 'ah, deveria ter administrado isso melhor'. Você cresce, tenta ir para frente. E, como piloto, você tem que ter certeza que está fazendo isso, senão talvez você não consiga a força par vencer.”

“Acho que posso confiar em Nico até o fim da temporada. Foi muito importante nos falarmos sobre o ocorrido, o que dá confiança. Basicamente viramos a página. Vamos ver como vamos estar. Há ainda outras páginas para escrever neste livro. Confio e respeito também a equipe. Desde que cheguei, tenho claro que sempre quem está à frente tem a melhor opção para ganhar a prova, só preciso estar na frente.”

Por fim, Hamilton disse gostar de ir ao Canadá, país que lhe traz boas recordações.“Eu amo aqui. Ganhei minha primeira corrida aqui. Geralmente adoro vir para esta parte do mundo. Não demora muito para chegar, tem muita coisa para fazer aqui, a cidade é simplesmente fantástica, minha família ama vir para cá, bons restaurantes, boas pessoas e os fãs aqui são muito calorosos. É muito bom.”
Próxima Fórmula 1 matéria
Pilotos de hoje não têm fanatismo de Senna, aponta Marko

Previous article

Pilotos de hoje não têm fanatismo de Senna, aponta Marko

Next article

Lewis Hamilton diz ter perdido 6kg para esta temporada

Lewis Hamilton diz ter perdido 6kg para esta temporada
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias