Após carreira inteira de Ferrari, Massa se impressiona com motor Mercedes

Brasileiro elogia propulsores alemães, lamenta Hockenheim e brinca com a possibilidade de título

Depois de uma carreira inteira na F1 pilotando carros equipados com motores Ferrari, Felipe Massa teve, nesta pré-temporada, seus primeiros contatos com os motores Mercedes e se disse impressionado com o que viu.

“Eu visitei a fábrica (da Mercedes) e fiquei impressionado. Com as mudanças no regulamento sobre motores, você sabe que eles estão fazendo um bom trabalho”, comentou Felipe em entrevista ao La Repubblica.

Desde que estreou na F1, o brasileiro correu pela Sauber, por três anos e fez oito temporadas pela Ferrari, sempre com os motores italianos. Agora na Williams, Massa acelera um propulsor Mercedes. E segundo o La Repubblica, os alemães investiram quatro vezes mais que seus rivais para fabrica os novos V6 turbo deste ano.

"Eu não sei se foram quatro vezes mais", respondeu Massa, “Mas, definitivamente, vê-los trabalhando me causou uma boa impressão. E, a partir do momento que cheguei à Williams, me senti muito querido, o que é uma sensação fantástica”, acrescentou.

Instigado a falar sobre sua ex-equipe, Massa tentou evitar, mas não escondeu uma certa contrariedade com o famoso episódio de Hockenheim 2010, quando cedeu a primeira posição ao companheiro Fernando Alonso, após ouvir uma ordem do rádio.

"Eu não vou falar mal da Ferrari. Estive lá por muitos anos e vivi alguns belos momentos. E alguns muito ruins também. Eles não me deixaram ganhar uma corrida que eu merecia. Não apenas aquela ordem me machucou, mas pelo fato de que eu voltava de um grave acidente. Teria sido muito importante para mim”, lembrou o brasileiro que, naquele domingo completava exatamente um ano de seu grave acidente sofrido em Hungaroring.

Massa concordou que muitas vezes acabou sendo leal demais ao time italiano. “Sim, talvez eu tenha sido. Mas agora é o passado e não importa. Lembro-me dos anos maravilhosos na Ferrari e das amizades com muitas pessoas”.

Sobre o campeonato de 2014, Massa apontou a Mercedes como o melhor carro por enquanto e disse apostar em Rosberg contra Hamilton. Mas quando questionado sobre em que ele colocaria dinheiro numa aposta para o título, o brasileiro saiu pela tangente e brincou: “Eu não gosto de falar sobre mim... "
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias