Após críticas, Pirelli acena com mudanças de pneu para GP do Brasil

Fabricante de pneus foi atacada por Felipe Massa, que considerou a escolha 'muito perigosa' para Interlagos

Pneus para Interlagos poderão ser alterados
Felipe Massa criticou duramente a escolha dos pneus (médios e duros) para o Grande Prêmio do Brasil. Passados quatro dias do discurso do piloto brasileiro, a Pirelli se manifestou. Nesta quinta-feira, a fabricante admitiu que poderá mudar o tipo dos compostos para Interlagos.
 
[publicidade] “Faremos outra verificação. Teremos uma reunião com o Grupo de Trabalho de Pneus, onde temos todos os peritos das equipes, e discutiremos este assunto. Se houver consentimento unânime, podemos reconsiderar. Estamos aberto à mudança”, garantiu Paul Hembery, representante da F1, em conversa com a ‘AP’.
 
Apesar de acenar com a alteração no tipo dos compostos, Hembrey defendeu a escolha antecipada da Pirelli, anunciada durante o final de semana do GP da Rússia.
 
“É um pouco estranho, porque já corremos na Rússia com os pneus duros. Os dados sugerem que Interlagos é um dos circuitos mais agressivos do calendário, com risco de formação de bolhas. Sabemos que os pneus macios, com cargas extremas, têm potencial para formar bolhas”, justificou.
 
Antes de pensar no GP do Brasil, a Fórmula 1 se concentra na preparação para a prova em Austin, nos Estados Unidos. O calendário desta temporada retorna no dia 2 de novembro, na antepenúltima etapa de 2014. 
 
Somente depois dos EUA, os carros virão ao Brasil para a disputa do GP de Interlagos, em 9 de novembro. A temporada se encerra no dia 23, em Abu-Dhabi.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias