Após maus resultados no primeiro semestre, Ferrari demite chefe de motores

Luca Marmorini é mandado embora após mais de um ano sem vitórias da Ferrari e apenas dois pódios em 2014

A Ferrari demitiu nesta quinta-feira o engenheiro responsável por desenvolver os motores da escuderia italiana, Luca Marmorini. O time admitiu que tenta reestruturar seu departamento de competições após a falta de sucesso que está marcando o ano de 2014, com apenas dois pódios conquistados por Fernando Alonso.

Com o novo V6 turbo da equipe falhando em acompanhar a evolução e a maior potência natural das unidades de potência da fábrica alemã Mercedes-Benz, a saída do engenheiro foi tida como necessária para o projeto da equipe a longo prazo. Com a saída de Marmorini o time se prepara para fazer novas mudanças em seu staff técnico.

Para ocupar o lugar de Luca Marmorini foi anunciado Mattia Binotto como chefe responsável pelo desenvolvimento do motor turbo híbrido da Fórmula 1. Ele irá trabalhar muito próximo ao diretor técnico, James Allison.

O novo designer dos motores da escuderia italiana será Lorenzo Sassi, que trabalha no departamento de motores da Ferrari desde 2006.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias