Após Montezemolo, Todt também pede para F-1 ter custos cortados

compartilhar
comentários
Após Montezemolo, Todt também pede para F-1 ter custos cortados
Por: Bruno Vicaria
19 de jun de 2012 16:54

Presidente da Federação Internacional de Automobilismo afirma que, nessa toada, categoria pode ter menos de 12 times

Jean Todt

Presidente da Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Jean Todt engrossou o côro liderado por Luca di Montezemolo e afirmou que a Fórmula 1 pode entrar em colapso se não cortar logo os custos.

Em entrevista à revista alemã "Speed Week", o ex-chefe de equipe da Ferrari na F-1, com passagem também pela Peugeot no Mundial de Marcas, admitiu que os custos da maior categoria do automobilismo mundial, mesmo com um limite já pré-estabelecido, estão muito altos.
 
"Para mim, a Fórmula 1 está muito cara. Se não fizermos nada, podemos chegar a uma situação em que o grid pode ter menos de doze equipes", comentou. Na última semana, a FIA confirmou que analisará medidas voltadas para 2013 no fim deste mês.
Próxima Fórmula 1 matéria
Ferrari acredita que pode ser campeã em 2012, afirma Tombazis

Previous article

Ferrari acredita que pode ser campeã em 2012, afirma Tombazis

Next article

Emanuele Pirro será o comissário convidado no GP da Europa

Emanuele Pirro será o comissário convidado no GP da Europa
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias