Após nova ordem de equipe, Vettel reconhece que Ricciardo está melhor

Tetracampeão deixa o companheiro passar pela segunda corrida em sequência e chega em quinto

Sebastian Vettel teve de amargar uma ordem de equipe pela segunda corrida seguida e, a exemplo do que aconteceu no GP do Bahrein, teve de deixar o companheiro Daniel Ricciardo passar durante o GP da China. Mais rápido, o australiano terminou em quarto, a menos de dois segundos do pódio, enquanto o alemão foi quinto.

“Até onde eu sei não tive problemas, só não fui rápido o bastante, então não estou contente. Ainda temos de trabalhar muito, pois não estou me sentindo bem e precisamos ver o porquê”, admitiu o tetracampeão.

“Acho que é bom que Daniel está conseguindo tirar o melhor do carro, é uma boa referência para mim. Mas, no momento, a diferença entre nós é muito grande e preciso trabalhar nisso. O carro não está do jeito que eu gosto, mas claramente Daniel está mostrando que dá para tirar mais do carro do que eu estou conseguindo tirar.”

A ordem para deixar Ricciardo passar veio depois dos primeiros pit stops dos dois. O australiano conseguiu permanecer mais tempo na pista e tinha pneus mais novos. Àquela altura da prova, Vettel planejava fazer três paradas, uma a mais que o companheiro, e a equipe decidiu liberar Ricciardo. O alemão, contudo, demorou a ceder.

“No começo eu não entendi, então fiquei um pouco confuso”, explicou. “Mas depois explicaram que estávamos em estratégias diferentes, já que no começo eu estava na tática de três paradas, acho que fez mais sentido. Depois de olhar o resultado final, eu não fui rápido o bastante. A prioridade do ponto de vista da equipe naquele momento era dificultar a vida de Fernando, o que está certo, mas não funcionou.”

Alonso acabou chegando em terceiro, mostrando a evolução da Ferrari. “Acho que todos vão tentar melhorar o carro para Barcelona. Tomara que nosso passo seja o maior. Acho que a Ferrari deu um salto, eles ganharam 7 ou 8km/h em velocidade de reta e temos de nos certificar que consigamos fazer o mesmo.”

Ricciardo lamentou a má largada, quando caiu para quarto e disse que fez tudo para pegar Alonso no final. “Eu comecei no lado sujo do grid e tive uma largada ruim, perdendo dois lugares. A partir daí a corrida foi boa. Eu fiz o que pude depois de cada parada e nós melhoramos o carro. No final, eu estava fazendo tudo que podia para pegar Alonso e acho que faltaram alguns segundos. Fiz o melhor que pude hoje e o que queria realmente era o pódio. Estamos chegando perto”, disse o australiano, que comentou também sobre a ultrapassagem em Vettel.

“Em relação ao Seb, nós estávamos disputando e você sempre quer segurar a sua posição. Mas a equipe pediu pelo rádio e ele me deixou passar”, reconheceu.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias