Após performance “sublime”, Alonso diz não crer em falha

compartilhar
comentários
Após performance “sublime”, Alonso diz não crer em falha
Pablo Elizalde
Por: Pablo Elizalde
Traduzido por: Gabriel Lima
23 de out de 2017 11:40

Espanhol é obrigado a abandonar GP dos EUA após grande esforço na classificação e bom início de prova

Fernando Alonso, McLaren
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Fernando Alonso, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, Fernando Alonso, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, Fernando Alonso, McLaren MCL32, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Fernando Alonso, McLaren MCL32, retires from the race
Fernando Alonso, McLaren MCL32, Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Fernando Alonso, McLaren MCL32, in the pits

Mais uma vez Fernando Alonso foi obrigado a desistir de uma corrida neste ano em função de um problema com a unidade de potência da Honda. O piloto da McLaren estava em oitavo lugar quando relatou falta de potência em seu motor e foi solicitado a voltar para os pits para abandonar.

Foi o décimo abandono de Alonso em 2017. Com isso, o espanhol se torna o primeiro piloto da McLaren com a não chegar em dez provas desde Kimi Raikkonen em 2002.

Mesmo dizendo que a nova falha foi difícil de digerir, Alonso, que se qualificou 0s6 à frente de seu companheiro de equipe Stoffel Vandoorne, disse que ficou feliz com sua própria performance.

"Estou muito feliz com a forma como o fim de semana foi no nível pessoal. Penso que o nível deste fim de semana foi sublime, tanto na qualificação quanto na corrida", disse Alonso.

"A classificação do campeonato não reflete isso. E não muda muito eu ser 12º ou 17º no campeonato, mas no mérito, acho que deveríamos estar bem à frente."

O espanhol acrescentou: "O motor estava perdendo potência e falhando. Não conseguia acreditar. No Japão, você larga de último, está em 15º ou 16º após a punição e nada acontece. O motor funciona perfeitamente toda a corrida”.

"Mas quando você está andando em sétimo, a sente uma falha. Não dá para acreditar nisso."

Alonso deverá usar um novo motor Honda no México, onde prevê outro fim de semana difícil.

"Eu acho que o motor está quebrado, e que no México há a chance de tentarmos trocar a unidade para sermos penalizados lá e chegarmos ao Brasil e Abu Dhabi com um motor mais fresco.”

"Está basicamente certo de que vamos trocar o motor no México e, portanto, teremos outro fim de semana em que vamos largar de último. Será complicado marcar pontos novamente.”

"Mas das três corridas restantes, em uma vamos começar de último. Então vamos ver se podemos marcar pontos nas outras duas".

Próxima Fórmula 1 matéria
Após estreia “dura”, Hartley torce por nova chance na F1

Previous article

Após estreia “dura”, Hartley torce por nova chance na F1

Next article

Após punição, Jos Verstappen acusa FIA de ajudar Ferrari

Após punição, Jos Verstappen acusa FIA de ajudar Ferrari

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos Estados Unidos
Localização Circuit of the Americas
Pilotos Fernando Alonso Shop Now
Equipes McLaren
Autor Pablo Elizalde
Tipo de matéria Últimas notícias