Após revolta, Vettel aguarda medidas a longo prazo da Pirelli

compartilhar
comentários
Após revolta, Vettel aguarda medidas a longo prazo da Pirelli
Jonathan Noble
Por: Jonathan Noble
3 de set de 2015 14:46

Sebastian Vettel fez, porém, elogios pelas medidas rápidas tomadas depois do GP da Bélgica, mas quer uma evolução maior para o futuro

Sebastian Vettel, Ferrari
Sebastian Vettel, Ferrari
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1
Felipe Massa, Williams

Sebastian Vettel ficou furioso depois do GP da Bélgica quando definiu como inaceitável o estouro do seu pneu na penúltima volta da corrida em Spa-Francorchamps, perdendo a chance de subir ao pódio.

Embora se sinta mais confortável com a situação após a investigação feita pela Pirelli, o tetracampeão mundial afirmou que é necessário que a situação nao se repita mais no futuro.

“É inaceitável ter um estouro naquela velocidade. Como disse depois da corrida, não há mais nada a acrescentar.”

“As investigações, sobre que foi analisado e falado a respeito, ainda estão ocorrendo. O principal é continuar progredindo. Pelo lado da Pirelli, eles agiram com extremo cuidado e as coisas caminham de maneira correta”, completou.

Medidas

A Pirelli introduziu algumas medidas a curto prazo para esse fim de semana aconselhando as equipes sobre a cambagem e limites de pressão para os compostos no GP da Itália.

“Há algumas medidas tomadas, como a pressão do pneu por exemplo. Vamos ver o que aconteceu. Uma reação a curto prazo, após alguns duas, é uma coisa, mas precisamos entender o que ocorre também no longo prazo.”

“Tivemos uma situação inaceitável no passado e houve uma mudança imediata, e depois não tivemos problema. Você pode dar um impulso para que funcione e nos leve ao resultado ideal”, completou.

Detritos

Nico Rosberg, que levou um susto nos treinos, afirmou que também se sente confortável com o trabalho realizado pela fabricante italiana desde a corrida em Spa. “Estou confiante que iremos pilotar de maneira segura aqui”, comentou o piloto da Mercedes.

Sobre os detritos terem contribuído por exemplo para o acidente de Rosberg, o brasileiro Felipe Massa afirmou que o foco deveria ser em uma borracha mais resistente.

“Detritos temos em toda corrida – e em algumas provas mais do que em outros. Certamente os pneus precisam ser mais fortes para segurar esse tipo de detrito que temos na pista”, completou o piloto da Williams.

Próxima Fórmula 1 matéria
FIA avisa pilotos sobre “tolerância zero” em chicanes de Monza

Previous article

FIA avisa pilotos sobre “tolerância zero” em chicanes de Monza

Next article

Ferrari renova com James Allison até 2018

Ferrari renova com James Allison até 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália
Localização Autodromo Nazionale Monza
Pilotos Sebastian Vettel Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Jonathan Noble
Tipo de matéria Últimas notícias