Após ser 11º, Maldonado vê Williams na frente de Sauber e Toro Rosso

Venezuelano se anima com ritmo do carro, enquanto a dupla da Sauber lamenta corrida abaixo do esperado

A uma posição de marcar o primeiro ponto da Williams do ano, mesmo em uma prova com apenas um abandono, Pastor Maldonado se animou com a evolução mostrada por seu carro no GP do Bahrein. Ao TotalRace, o venezuelano salientou o bom ritmo que teve para sair de 17º no grid para 11º na corrida.

“Acho que o ritmo de corrida de hoje era bastante bom. Estávamos perdendo um pouco de velocidade final em comparação com os outros, mas fizemos uma grande corrida hoje, largando em 17º e ganhando as posições. Não é que aconteceu algo na frente: fomos mais fortes que a Sauber e que os Toro Rosso. Temos que continuar melhorando, temos tempo até a próxima corrida e seria o ideal lá lutar pelos 10 primeiros lugares na próxima etapa.”

Maldonado superou inclusive o companheiro Valtteri Bottas, que havia largado a sua frente, em 15º e terminou em 14º. O finlandês lamentou o fato de não ter conseguido economizar os pneus no início da prova, quando encontrou muito tráfego. “Depois melhorou, peguei pista livre e consegui ganhar terreno.”

Seguindo em seu início acidentado na Fórmula 1, Esteban Gutierrez, largando em último, ainda teve um toque logo na primeira volta. Mesmo assim, o mexicano acredita que a Sauber não tinha muito ritmo para ir além da 18ª colocação que obteve na prova.

“Encontrei-me com muitos carros à frente na curva 10, de velocidade bem baixa, havia um carro vindo por fora e não houve espaço suficiente para evitar o toque. Isso nos afetou bastante mas, ainda assim, nossa velocidade não era suficiente para aspirar pelos pontos. Tenho de seguir trabalhando e evitar os erros porque, mesmo com uma corrida limpa, está difícil.”

Seu companheiro, Nico Hulkenberg, também não teve uma grande apresentação, largando em 14º e escalando apenas até a 12ª colocação. “Ficou claro desde o início do final de semana que não éramos rápidos o suficiente e que seria desafiador. Faltou velocidade e acabamos com os pneus traseiros”, afirmou o alemão.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Pilotos Pastor Maldonado , Nico Hulkenberg , Esteban Gutierrez , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias