Após testar dois carros de F-1, novato alemão celebra “dia incrível”

Aos 20 anos, Pascal Wehrlein foi surpreendido e participou dos treinos de Force India e Mercedes nesta quinta-feira

Pascal Wehrlein, de 20 anos, viveu uma experiência inusitada nesta quinta-feira. Integrante do programa de desenvolvimento da Mercedes, ele foi escalado para participar do treino desta quinta-feira pela Force India como parte de um acordo entre as equipes. O jovem alemão foi surpreendido quando recebeu a notícia de que Lewis Hamilton, doente, não teria condições de continuar na pista. Coube a Wehrlein assumir o volante do W06.

[publicidade]Ao fim do dia, o alemão completou 80 voltas no total – 32 com a Force India e 48 com a Mercedes –, estabelecendo 1min28s329 com o carro da equipe de Vijay Mallya. Para o novato, a experiência de testar dois carros de Fórmula 1 no mesmo dia será lembrada com carinho.

"É realmente um bom dia na minha carreira. Fiquei surpreso quando recebi a notícia de que eu estaria guiando o carro da Mercedes no período da tarde. Mas estou aqui e quero dirigir, então estou pronto para qualquer oportunidade. Foi um dia incrível. Estou muito feliz", contou, animado.

Wehrlein só lamentou o fato de ter perdido mais tempo do que gostaria nos boxes com a Mercedes. Sua intenção era rodar mais voltas com o W06.

Confirmado no teste de sábado pela Force India, ele pode ser chamado pela Mercedes na sexta-feira, já que Nico Rosberg se recupera de uma inflamação no pescoço.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias