Após testar mudanças, Sebastian Vettel vê melhora na Red Bull

Alemão só não consegue precisar o quanto o RB8 cresceu devido às baixas temperaturas da pista, que aumentaram a aderência

Vettel foi o terceiro mais rápido nesta sexta-feira

Após testar diversos componentes nesta sexta-feira de treinos livres para o GP da China, Sebastian Vettel acredita que a Red Bull evoluiu em relação às duas primeiras provas. O trabalho da equipe agora é combinar tudo de melhor que foi observado hoje para o restante do final de semana.

“Está apertado entre os carros. Não vi tudo, mas acho que no geral podemos ficar muito felizes. Experimentamos muitas coisas hoje e agora precisamos rever tudo para ver qual o melhor acerto.”

O alemão, que foi terceiro hoje, só não consegue precisar o quanto o time melhorou pelas temperaturas mais baixas da China em relação às demais etapas disputadas até agora.

“Se olhar para o carro, verá que há uma grande diferença em relação ao que usamos na Malásia, mas pilotando é difícil dizer [se melhorou] porque não tenho uma comparação com essa pista. Está mais frio aqui do que nas duas primeiras provas.”

O bicampeão acredita que, novamente, a McLaren será a equipe a ser batida no domingo.  “Sinto-me mais confortável, mas veremos. É difícil dizer se estamos competitivos. A McLaren parecem bem em todas as condições.”

Já seu companheiro Mark Webber, quarto colocado nesta sexta, comemorou a maior aderência no circuito de Xangai devido às baixas temperaturas.

“Conseguimos boas informações, mesmo com as sessões sendo atrapalhadas pelo clima. Temos muito o que rever hoje à noite e vamos continuar descobrindo mais coisas até domingo. Viemos de uma pista de 50ºC para um lugar mais frio, então temos mais aderência, o que ajuda. No geral, estamos indo na direção certa.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Mark Webber , Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias