Após testes, Pirelli admite "trabalho duro" a fazer

Fornecedora oficial da Fórmula 1 finalizou testes com pneus de 2017 e diz que trabalho está apenas começando

Após 24 dias de testes com os pneus que serão utilizados na temporada 2017, o último dia de trabalho foi encerrado em Abu Dhabi com a Mercedes, Red Bull e Ferrari, as três equipes que participaram de todos as sessões durante 2016.

Kimi Raikkonen esteve em ação pela a Ferrari, enquanto que Lewis Hamilton e Pascal Wehrlein guiaram pela Mercedes. Max Verstappen e Daniel Ricciardo tomaram a pista com a Red Bull.

Somando o trabalho de todos, um total de 331 voltas foram dados no circuito de Yas Marina.

A Pirelli disse que aproximadamente 96 compostos diferentes foram testados e que agora deve decidir qual deles serão usados durante a temporada de 2017.

"Para esse teste final, tivemos cinco pilotos com nossos protótipos de 2017 e concluímos o programa de desenvolvimento com três carros ao mesmo tempo", disse Paul Hembery.

"Agora o trabalho duro começa com a coleta e análise dos resultados desses 24 dias e aproximadamente 12.000 quilômetros de testes para definir os pneus com os quais iremos competir no próximo ano."

"Eles serão utilizados nos carros de 2017 pela primeira vez durante os testes oficiais em fevereiro próximo."

"Nosso último dia em Abu Dhabi foi de acordo com o planejado e pudemos coletar os dados que precisávamos graças aos três carros, sem os quais teria sido impossível realizar esse intenso programa de desenvolvimento."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Teste de novembro da Pirelli
Pista Yas Marina Circuit
Equipes Ferrari , Red Bull Racing , Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags pirelli