Após treino "misterioso", Red Bull reconhece que perdeu terreno

Depois de andar entre os primeiros nos treinos, time fica com sexto e nono lugares: Vettel mira quinto posto no GP

Antes mesmo de desembarcar em São Paulo para o GP do Brasil, Daniel Ricciardo reconhecia que nunca havia se dado bem com a pista de Interlagos. Mesmo assim, o australiano se surpreendeu negativamente com seu desempenho no treino classificatório. O piloto da Red Bull larga apenas em nono.

[publicidade] “Descrevo essa classificação como uma frustração com uma pitada de mistério. Fomos rápidos em todas as sessões de treinos livres, mas parece que perdemos muito ritmo durante a classificação. Mesmo a sensação dentro do carro não era a mesma: talvez o fato da pista ter ficado mais fria tenha mudado algumas coisas”, acredita o terceiro colocado no campeonato.

“Mudamos muitas coisas durante a classificação e cheguei a pensar que o carro esteve muito melhor na última parte da classificação, mas não éramos rápidos o bastante. Na verdade, já havíamos mudado algumas coisas antes da classificação que achamos que seriam boas para a corrida, mas não achamos que nos prejudicariam muito na classificação.”

Ricciardo acabou fazendo uma classificação pior até que o companheiro Sebastian Vettel, que o bateu pela sétima vez no campeonato e larga na sexta posição. O alemão acredita, contudo, que pode lutar pela quinta posição com as McLaren, que largam a sua frente, e as Ferrari, que vêm logo atrás.

“Acho que podemos lutar com as McLaren. Fiquei muito perto do Jenson na classificação. Os quatro carros da frente são muito mais rápidos do que nós. Mas vai ser muito apertado entre nós, a McLaren e a Ferrari. Outro fator para amanhã é a chuva, que pode misturar as coisas.”  

Questionado se surpreendeu-se pelo fato da Red Bull ter andado junto da Williams durante os treinos livres, mas ter perdido terreno na classificação, o alemão lembrou que isso n~~ao é novidade na temporada.

“Não é nenhuma surpresa: vimos o ano inteiro a Williams ser mais lenta na sexta-feira e crescer no sábado. Olhando de fora, é difícil saber o porquê, até porque eles não devem andar carregados o tempo todo, mas está claro que a abordagem deles é diferente.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias