Após Wall Street, Ferrari coloca ações na Bolsa de Milão

compartilhar
comentários
Após Wall Street, Ferrari coloca ações na Bolsa de Milão
Franco Nugnes
Por: Franco Nugnes
4 de jan de 2016 21:45

Fabricante italiana coloca ações na Bolsa de Valores de Milão, assim como havia feito em Wall Street, nos Estados Unidos, em outubro do ano passado

Sebastian Vettel, Ferrari SF15-T
Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
Kimi Raikkonen, Ferrari SF15-T
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 Team, Sebastian Vettel, Scuderia Ferrari and Kimi Raikkonen, Scuderia Ferrari

Após colocar parte das ações na Bolsa de Valores de Nova York, em outubro de 2015, a Ferrari estreou nesta segunda-feira (4) na Bolsa de Valores de Milão.

Na cerimônia de abertura do pregão italiano estavam presentes Sergio Marchionne, presidente da fabricante italiana, além do CEO Amedeo Felisa e os acionistas Piero Ferrari e John Elkann.

Apesar de o momento envolver o lado do mercado financeiro, o presidente da marca mencionou a Fórmula 1 e reiterou qual é a meta da Ferrari para as próximas temporadas. "O objetivo é levar o título mundial da F1 de volta a Maranello", disse Marchionne.

As ações da Ferrari abriram o pregão valendo € 43 cada uma (pouco mais de R$ 188), valor semelhante ao visto na última sexta-feira em Wall Street - € 44, o equivalente a US$ 48 dólares (cerca de R$ 192). 

Próxima Fórmula 1 matéria
Aston Martin: "Não faria sentido investir na F1"

Previous article

Aston Martin: "Não faria sentido investir na F1"

Next article

Parceiros em 2010, Hulkenberg revela “pegadinhas” de Rubinho

Parceiros em 2010, Hulkenberg revela “pegadinhas” de Rubinho
Load comments