Argentina inicia construção de pista para receber Fórmula 1

Novo circuito com 5,5 km localizado na região de Zarate, a 80 quilômetros de Buenos Aires, já tem obras em andamento

Disputa no GP da Argentina de 1997

A construção de um circuito a 80 quilômetros de Buenos Aires pode ser o embrião para um retorno da Fórmula 1 à Argentina.

O país, que deu à categoria um de seus pilotos mais marcantes (Juan Manuel Fangio) e já recebeu muitas provas nas décadas de 50, 60 e 70, não recebe uma corrida desde 1998.
 
Segundo um comunicado, uma pista de nome Velociudad SpeedCity começou a ser construída com padrão 1 da FIA (para receber a F-1) na região de Zarate, com 5,5 km de extensão.
 
Contudo, não será uma disputa fácil para os argentinos, uma vez que outros países, como México e África do Sul, estão na lista e muitos circuitos novos foram criados, como Austin e Moscou.
 
"Estamos orgulhosos em contribuir com nosso design para criar um novo destino para a F-1, que sempre contribui muito economicamente para a região que a recebe e produz exposição global", comenta John Rhodes, diretor associado do circuito.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias