Arrivabene não se conforma com erro nos pits de Vettel

Chefão da Ferrari, Maurizio Arrivabene ordenou uma revisão urgente de procedimentos após erro que custou o pódio a Vettel

Vettel tinha a Mercedes como maior rival, mas acabou ficando atrás da Williams do brasileiro Felipe Massa, quando perdeu por volta de 10 segundos nos pits, graças à não fixação da roda traseira direita de seu pit crew.

Inconformado, Maurizio Arrivabene pediu para que todos os procedimentos da equipe fossem revistos. Falando sobre o que aconteceu, ele declarou: "Tenho que dizer que Sebastian fez uma grande corrida. Tenho que dizer que a Mercedes ainda é muito forte, mas jogamos fora um bom resultado. Isso não aconteceu pela primeira vez e não é aceitável."

E acrescentou: "Foi um problema com a pistola que fixa a porca na roda do carro. Temos que nos certificar que não vai acontecer de novo. Não foi um problema mecânico, foi um problema nosso e temos que nos certificar que vamos corrigi-lo."

Sobre Raikkonen

Arrivabene disse também que não havia uma explicação óbvia dos motivos que fizeram Kimi Raikkonen perder o controle do carro tão fortemente na curva 2, e que acabou coletando também o carro de Fernando Alonso.

Quando perguntado se um problema técnico poderia ter causado o acidente, Arrivabene disse: "Até agora tivemos só o briefing, e honestamente, não penso que tenha sido. Não há imagens da câmera do carro do Alonso, por isso, tenho que confiar na palavra do Kimi."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Áustria
Pista Red Bull Ring
Pilotos Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias