Associação das equipes diz que não pode decidir sobre o Bahrein

Depois de Ecclestone jogar nas mãos dos times a responsabilidade pelo cancelamento, FOTA diz que essa é função da FIA

Corrida do Bahrein está marcada para 22 de abril

Após Bernie Ecclestone colocar nas mãos das equipes a decisão a respeito do cancelamento do GP do Bahrein, a associação das equipes (FOTA) mandou a peteca de volta para os dirigentes. Em comunicado, a entidade jogou para a Federação Internacional de Automobilismo a responsabilidade final.

“Houve muita especulação na mídia de que as equipes poderiam cancelar o GP do Bahrein. Isso não seria possível. As equipes não podem cancelar grandes prêmios. Disputamos uma categoria internacional chamada de Campeonato Mundial de F-1 da FIA, e é portanto a FIA que guia essas questões.”

Mesmo com a indefinição de quem deverá tomar a decisão final, espera-se que o cancelamento seja oficializado nos próximos dias. Tanto Ecclestone, presidente da empresa que rege os direitos comerciais da categoria e responsável pelos contratos com os organizadores, quanto Jean Todt, presidente da FIA, estarão na China para discutir a questão com os times.

Ainda que o governo se esforce para garantir a segurança do evento, os conflitos entre manifestantes e forças do governo seguem ocorrendo no país árabe, cuja prova já foi cancelada ano passado devido à violência. O GP deste ano está marcado para 22 de abril.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Tipo de artigo Últimas notícias