Aston Martin deve fazer parte do nome da Red Bull em 2018

Marca deve aumentar o envolvimento com a equipe austríaca a partir da próxima temporada

Os carros da Red Bull levam a marca desde o início de 2016, e a Aston colaborou com a Red Bull Advanced Technologies no desenvolvimento de seu hypercar, Valkyrie.

Um potencial patrocínio de nome, que seria semelhante ao negócio com a Infiniti que a equipe teve nos últimos anos, consolidaria ainda mais a relação entre as duas partes.

Também será de grande interesse para a nova administração da F1, já que o prestigiado nome da Aston Martin terá agora um perfil muito maior.

Embora os envolvidos negassem confirmar formalmente o acordo de patrocínio, fontes indicaram que o acordo para nomear a equipe Aston Martin Red Bull Racing será anunciado nas próximas semanas.

"Você pode especular tudo o que quiser, mas não vou confirmar nada", disse Christian Horner ao Motorsport.com.

"Temos um ótimo relacionamento com a Aston, trabalhando e desenvolvendo o hypercar."

"Eles estão fazendo um ótimo trabalho, o produto é ótimo e eles têm muitas coisas excelentes no em mente. Haverá novidades nas próximas semanas."

O CEO da Aston Martin, Andy Palmer, que negociou o acordo com a Infiniti quando trabalhava na companhia, admitiu que as duas empresas pretendem expandir seu relacionamento.

"É justo dizer que uma das razões pelas quais eu estou aqui hoje é discutir o que a próxima temporada", disse ele ao Motorsport.com. "E nesse contexto, nós forneceríamos um motor independente em 2021? E então, ligue os pontos."

"Nós gostamos do esporte e somos uma empresa que aspira a ser tão valiosa quanto a Ferrari. Isso não significa que devemos copiar a Ferrari em todos os sentidos. Somos mais fortes no WEC, mas com uma presença na F1 seria interessante. "

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias