Aston Martin deve fazer parte do nome da Red Bull em 2018

compartilhar
comentários
Aston Martin deve fazer parte do nome da Red Bull em 2018
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
18 de set de 2017 09:36

Marca deve aumentar o envolvimento com a equipe austríaca a partir da próxima temporada

Aston Martin logo on the Red Bull Racing RB12 nosecone
Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal with Andy Palmer, Aston Martin CEO
Aston Martin logo on the Red Bull Racing RB12
Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13

Os carros da Red Bull levam a marca desde o início de 2016, e a Aston colaborou com a Red Bull Advanced Technologies no desenvolvimento de seu hypercar, Valkyrie.

Um potencial patrocínio de nome, que seria semelhante ao negócio com a Infiniti que a equipe teve nos últimos anos, consolidaria ainda mais a relação entre as duas partes.

Também será de grande interesse para a nova administração da F1, já que o prestigiado nome da Aston Martin terá agora um perfil muito maior.

Embora os envolvidos negassem confirmar formalmente o acordo de patrocínio, fontes indicaram que o acordo para nomear a equipe Aston Martin Red Bull Racing será anunciado nas próximas semanas.

"Você pode especular tudo o que quiser, mas não vou confirmar nada", disse Christian Horner ao Motorsport.com.

"Temos um ótimo relacionamento com a Aston, trabalhando e desenvolvendo o hypercar."

"Eles estão fazendo um ótimo trabalho, o produto é ótimo e eles têm muitas coisas excelentes no em mente. Haverá novidades nas próximas semanas."

O CEO da Aston Martin, Andy Palmer, que negociou o acordo com a Infiniti quando trabalhava na companhia, admitiu que as duas empresas pretendem expandir seu relacionamento.

"É justo dizer que uma das razões pelas quais eu estou aqui hoje é discutir o que a próxima temporada", disse ele ao Motorsport.com. "E nesse contexto, nós forneceríamos um motor independente em 2021? E então, ligue os pontos."

"Nós gostamos do esporte e somos uma empresa que aspira a ser tão valiosa quanto a Ferrari. Isso não significa que devemos copiar a Ferrari em todos os sentidos. Somos mais fortes no WEC, mas com uma presença na F1 seria interessante. "

Próxima Fórmula 1 matéria
Kubica pode fazer testes na Williams para lugar de Massa

Previous article

Kubica pode fazer testes na Williams para lugar de Massa

Next article

Hamilton: batida de Senna em Mônaco me ajudou a manter foco

Hamilton: batida de Senna em Mônaco me ajudou a manter foco
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Shop Now
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias