Autódromo de Interlagos terá poucas mudanças em 2011

Presidente da SP Turis, Caio Luiz de Carvalho, garante que investimento do ano passado deixou pista em ótimas condições

Largada da edição de 2010

O dia hoje foi de entrevistas e muita comida em Interlagos. O prefeito Gilberto Kassab esteve no autódromo nesta quarta-feira para observar os trabalhos para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, última etapa do Mundial de 2011.

Kassab deu uma volta no circuito e avaliou as obras da nova arquibancada B, em fase de acabamento. Depois o prefeito e demais autoridades convidadas, organizadores do GP e jornalistas participaram de uma feijoada no autódromo.

“É uma arquibancada nova, maior do que a antiga, aumentando assim a capacidade de público. Faz parte do projeto de modernização do autódromo”, falou o prefeito.

A arquibancada B terá agora lugar para 1.500 pessoas. Antes cabiam 1.100. O custo completo da obra é de R$ 17 milhões e inclui uma estrutura permanente de banheiros e lanchonete.

“Este ano estamos investindo nas arquibancadas e na infraestrutura. No ano que vem teremos mais obras”, disse Gilberto Kassab.

Já Caio Luiz de Carvalho, presidente da SP Turis, lembrou que, no ano passado, o autódromo recebeu muitas reformas e explicou que a qualidade da pista continua excelente. “Interlagos, hoje, dá lucro. E a Fórmula 1 injeta na cidade mais de R$ 250 milhões na semana do GP Brasil.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Brasil
Tipo de artigo Últimas notícias