Baixo desgaste de pneus e consistência aninam Force India

Adrian Sutil e Paul di Resta esperam continuar boa fase no GP da China, que será realizado no próximo fim de semana

O GP da Malásia não poderia ter sido mais decepcionante para a Force India, que abandonou com ambos os carros após uma sequência de falhas durante os pit stops. Por outro lado, o quinto lugar no Mundial de Construtores, mesmo com o contratempo de Sepang, mostra a força da equipe neste início de temporada.

Para a etapa da China, no próximo final de semana, em Xangai, Adrian Sutil e Paul di Resta esperam uma boa adaptação do carro ao circuito e aos compostos de pneus, uma vez que a Pirelli leva à prova uma combinação diferente das duas primeiras provas: médio e macio.

“O circuito não é muito diferente de Sepang, então o carro deve se adaptar bem. Também sabemos que há muitas áreas em que podemos aprender e temos muitos dados das primeiras provas”, salientou Sutil. “Teremos uma nova combinação de compostos na China e parece que somos muito bons em cuidar dos pneus, então precisamos nos aproveitar dessa vantagem.”

Di Resta destacou o fato do GP da China normalmente ser disputado sob temperaturas amenas e sem chuva. “O clima é muito diferente em relação às duas primeiras corridas, mas fomos bem no frio de Melbourne e no calor da Malásia. O objetivo para a China é recuperar a oportunidade perdida na Malásia e voltar aos pontos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Paul di Resta , Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias