Baixo desgaste de pneus pede poucas paradas em Abu Dhabi

Diretor da Pirelli, Paul Hembery, acredita em uma ou duas paradas no GP de domingo. Compostos serão os mesmos da Índia

Uma ou duas paradas. Essa é a expectativa da Pirelli em relação à estratégia que será utilizada no próximo domingo no GP de Abu Dhabi, o primeiro já com o título definido de Sebastian Vettel. Os compostos selecionados pela fornecedora são os médios e macios, assim como no GP da Índia.

“O desgaste de pneu não é especialmente alto neste GP. No ano passado, quando também levamos os médios e macios e a maioria só parou uma vez. Como os compostos estão, no geral, mas macios, este ano seria de esperar duas paradas. Mas é bastante possível que algumas equipes possam tentar uma só”, disse o diretor de automobilismo da Pirelli, Paul Hembery.

Mesmo com o título decidido, o embate principalmente pela segunda posição no mundial de construtores ainda está chamando a atenção do paddock. E a escolha de uma boa estratégia nas últimas três provas será fundamental para definir o vencedor. “Temos que esperar até sexta-feira até que tenhamos uma visão mais clara da diferença de tempos entre os compostos, mas de qualquer jeito, tudo deve estar equilibrado entre os fronteiros. Por isso que a estratégia deve ser importante e o dados colhidos nas sessões de sexta e sábado serão determinantes para os times definirem a estratégia para domingo”, continuou.

“Muitas vezes é possível tentar algo diferente em Abu Dhabi. A temperatura cai muito durante a prova”, completou.

Ferrari, Lotus e Mercedes lutam pelo vice-campeonato de construtores, com vantagem para esta última que está com 313 pontos, contra 309 da Ferrari e 285 da Lotus. 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Tipo de artigo Últimas notícias