Balanço de meio de ano da F1: Ferrari novamente protagonista

Depois de anos de vacas magras, equipe italiana acerta mão no carro e coloca Vettel na disputa pelo título

Pouca gente acreditava, mas aconteceu: a Ferrari construiu um projeto sólido em seu novo carro e se colocou como a única equipe capaz de brigar de igual para igual com a Mercedes.

Pouca gente acreditava, mas aconteceu: a Ferrari construiu um projeto sólido em seu novo carro e se colocou como a única equipe capaz de brigar de igual para igual com a Mercedes.
1/12

Mesmo com mudanças em seu estafe, a Ferrari deixou boas impressões com o SF70H, que logo de cara mostrou ser um modelo vencedor.

Mesmo com mudanças em seu estafe, a Ferrari deixou boas impressões com o SF70H, que logo de cara mostrou ser um modelo vencedor.
2/12

Photo by: Ferrari

Bom para Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, que foram mantidos na equipe pelo terceiro ano consecutivo.

Bom para Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen, que foram mantidos na equipe pelo terceiro ano consecutivo.
3/12

Photo by: LAT Images

Vettel, que pintou como favorito, confirmou a posição na abertura do campeonato, com a vitória no GP da Austrália.

Vettel, que pintou como favorito, confirmou a posição na abertura do campeonato, com a vitória no GP da Austrália.
4/12

Photo by: LAT Images

O alemão, aliás, iniciou o ano com consistência exemplar: nas seis primeiras etapas, venceu três e foi segundo colocado nas restantes.

O alemão, aliás, iniciou o ano com consistência exemplar: nas seis primeiras etapas, venceu três e foi segundo colocado nas restantes.
5/12

O primeiro tropeço veio no Canadá, quando se envolveu em um toque no início e conseguiu terminar somente na quarta colocação.

O primeiro tropeço veio no Canadá, quando se envolveu em um toque no início e conseguiu terminar somente na quarta colocação.
6/12

Photo by: Ferrari

Depois, a grande controvérsia: insatisfeito com a postura de Hamilton no Azerbaijão, provocou um toque com o rival e acabou punido. A confusão custou pontos preciosos.

Depois, a grande controvérsia: insatisfeito com a postura de Hamilton no Azerbaijão, provocou um toque com o rival e acabou punido. A confusão custou pontos preciosos.
7/12

O maior drama veio na Inglaterra, quando também se deu mal com um furo de pneu tardio.

O maior drama veio na Inglaterra, quando também se deu mal com um furo de pneu tardio.
8/12

A vitória na Hungria o permitiu entrar nas férias em alta: agora, o alemão possui 14 pontos de vantagem para Hamilton.

A vitória na Hungria o permitiu entrar nas férias em alta: agora, o alemão possui 14 pontos de vantagem para Hamilton.
9/12

Raikkonen, por sua vez, faz campanha inconstante: alternou performances competitivas, como em Mônaco e na Hungria, com outras bastante apagadas.

Raikkonen, por sua vez, faz campanha inconstante: alternou performances competitivas, como em Mônaco e na Hungria, com outras bastante apagadas.
10/12

O cenário ficou claro: a Mercedes tende a se dar melhor em pistas mais velozes; já a Ferrari triunfa em traçados mais travados.

O cenário ficou claro: a Mercedes tende a se dar melhor em pistas mais velozes; já a Ferrari triunfa em traçados mais travados.
11/12

O grande desafio será manter o nível de desenvolvimento com o decorrer da campanha e proporcionar a Vettel um carro capaz de brigar – especialmente porque seus pilotos ainda estão sem contrato para 2018.

O grande desafio será manter o nível de desenvolvimento com o decorrer da campanha e proporcionar a Vettel um carro capaz de brigar – especialmente porque seus pilotos ainda estão sem contrato para 2018.
12/12

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen , Sebastian Vettel
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Conteúdo especial