Balanço de meio de ano da F1: Force India em ano de ascensão

A primeira fase da temporada de 2017 foi positiva para o time anglo-indiano, de modo que as expectativas são altas para a metade final

Quarta colocada na F1 em 2016, a Force India está conseguindo cumprir seu objetivo: permanecer como a “melhor do resto” no pelotão em 2017.

Quarta colocada na F1 em 2016, a Force India está conseguindo cumprir seu objetivo: permanecer como a “melhor do resto” no pelotão em 2017.
1/11

A equipe desenvolveu um trabalho sólido, dependente do modelo VJM10 e de uma jovem dupla: Sergio Pérez e Esteban Ocon.

A equipe desenvolveu um trabalho sólido, dependente do modelo VJM10 e de uma jovem dupla: Sergio Pérez e Esteban Ocon.
2/11

Para 2017, a equipe surpreendeu ao mudar de cores: deixou o prateado e alaranjado para trás e adotou uma pintura rosa, graças a um novo patrocinador.

Para 2017, a equipe surpreendeu ao mudar de cores: deixou o prateado e alaranjado para trás e adotou uma pintura rosa, graças a um novo patrocinador.
3/11

Photo by: XPB Images

Inicialmente, o carro preocupou ao apresentar sobrepeso. Mesmo assim, Pérez e Ocon surpreenderam ao pontuar, juntos, nas cinco primeiras etapas do ano.

Inicialmente, o carro preocupou ao apresentar sobrepeso. Mesmo assim, Pérez e Ocon surpreenderam ao pontuar, juntos, nas cinco primeiras etapas do ano.
4/11

Photo by: XPB Images

O primeiro tropeço veio em Mônaco, quando ambos os pilotos se envolveram em confusões e terminaram fora da zona de pontos pela primeira vez.

O primeiro tropeço veio em Mônaco, quando ambos os pilotos se envolveram em confusões e terminaram fora da zona de pontos pela primeira vez.
5/11

No Canadá, a situação ganhou tons mais graves. Ocon reclamou que Pérez não abriu espaço para lhe dar a chance de lutar por um pódio, de modo que o time desperdiçou uma oportunidade de um bom resultado.

No Canadá, a situação ganhou tons mais graves. Ocon reclamou que Pérez não abriu espaço para lhe dar a chance de lutar por um pódio, de modo que o time desperdiçou uma oportunidade de um bom resultado.
6/11

No Azerbaijão, novo desentendimento: os dois pilotos colidiram entre si em uma disputa por posição, o que jogou fora outra chance de pódio – ou até mesmo de vitória.

No Azerbaijão, novo desentendimento: os dois pilotos colidiram entre si em uma disputa por posição, o que jogou fora outra chance de pódio – ou até mesmo de vitória.
7/11

Mas, com os tropeços de Williams e Renault, a Force India se consolidou com a “melhor do resto” em termos de desempenho, atrás apenas das gigantes Mercedes, Ferrari e Red Bull.

Mas, com os tropeços de Williams e Renault, a Force India se consolidou com a “melhor do resto” em termos de desempenho, atrás apenas das gigantes Mercedes, Ferrari e Red Bull.
8/11

Fora da pista, a equipe passa por situação curiosa. O dono, Vijay Mallya, segue envolvido em problemas com a justiça, de modo que está impossibilitado de deixar a Inglaterra.

Fora da pista, a equipe passa por situação curiosa. O dono, Vijay Mallya, segue envolvido em problemas com a justiça, de modo que está impossibilitado de deixar a Inglaterra.
9/11

Photo by: LAT Images

A equipe expressou seu desejo de mudar seu nome no futuro, tirando o “India” – que, segundo os chefes, limita as possibilidades de atrair patrocinadores.

A equipe expressou seu desejo de mudar seu nome no futuro, tirando o “India” – que, segundo os chefes, limita as possibilidades de atrair patrocinadores.
10/11

A Force India espera manter sua posição na segunda metade da temporada, enquanto que Pérez e Ocon tentam driblar os desentendimentos e ganhar espaço no grid de 2018.

A Force India espera manter sua posição na segunda metade da temporada, enquanto que Pérez e Ocon tentam driblar os desentendimentos e ganhar espaço no grid de 2018.
11/11

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez , Esteban Ocon
Equipes Force India
Tipo de artigo Conteúdo especial