Barrichello bate, fica em 18º e reclama de equilíbrio

compartilhar
comentários
Barrichello bate, fica em 18º e reclama de equilíbrio
Por: Bruno Vicaria
7 de out de 2011 05:57

Piloto da Williams diz ter evitado outras batidas durante os treinos e cita falta de competitividade em Suzuka

Barrichello observa carro batido

Depois de sofrer um acidente e ficar boa parte da segunda sessão parado, Rubens Barrichello obviamente torceu o nariz para a 18ª posição obtida nesta sexta-feira.

O piloto da Williams admite que o carro está ruim e que evitou outras batidas durante a sessão, uma vez que sente não ter o equilíbrio ideal em seu equipamento, principalmente na parte traseira.
 
"Parece que realmente coloquei uma roda na grama. Tive um furo do pneu na manhã que não me deixou andar muito e à tarde tive a batida. Temos muita lição de casa para fazer e não estamos competitivos", analisa.
 
"A posição real seria à frente dos novatos. Faria o normal 15° ou 16°. O carro não está competitivo e em uma pista que depende do equilíbrio nós estamos longe disso. A traseira do carro está para lá de ficar boa e aconteceram muitas outras quase batidas", ressalta.
 
"O carro deste ano é tão ruim que não dá para fazer mudanças nem avaliações para 2012", conta. Já seu parceiro, Pastor Maldonado, foi 21º e também não teve motivos para comemorar: 

"Um problema de motor me fez parar cedo no segundo treino. É minha primeira vez em Suzuka e realmente preciso de mais voltas. Vamos ter de aproveitar ao máximo o treino de amanhã."
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Suzuka)
Próxima Fórmula 1 matéria
Senna: testes visando carro de 2012 serão em Abu Dhabi

Previous article

Senna: testes visando carro de 2012 serão em Abu Dhabi

Next article

Para Barrichello, motivação em ano definido não muda

Para Barrichello, motivação em ano definido não muda
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Rubens Barrichello
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias