Barrichello comenta 'pontos na carteira' para 2014: "pode ser mais justo"

Piloto da Stock, no entanto, pondera que pilotos continuarão reclamando sobre quantidade de pontos para cada punição

Na última sexta-feira a FIA anunciou um pacote de mudanças para a temporada de F1 de 2014. Entre eles, está a adoção de um sistema de pontos na carteira, em que cada punição dada a um piloto será convertida em pontos. Caso algum piloto some 12 pontos, este será suspenso da corrida seguinte. Em Silverstone, o ex-F1 e atual comentarista da categoria Rubens Barrichello conversou com o TotalRace sobre este novo sistema.

“Este tipo de punição é sempre muito comentado no automobilismo em geral”, disse o piloto da Stock Car. “Na Stock também estamos discutindo, pois existem coisas que estão corretas e coisas que estão erradas. Para que não seja dado um penalty injusto, pois de repente outro fez uma coisa mais feia ainda, então o sistema de pontos seria uma boa”, considerou o brasileiro.

“Mas a gente vive em um mundo competitivo e sempre vão reclamar: ‘foi justo tomar dois pontos por isto? quatro por aquilo?’”, ponderou. “Mas eu prefiro o lado de entrar no carro e guiar. Esta parte eu prefiro ficar de fora e deixar essas soluções para os outros decidirem, pois é um assunto muito polêmico”, completou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias