Barrichello, Massa e Emerson lamentam morte de John Button

Brasileiros enviaram condolências à família de Jenson e lembraram o quanto seu pai era querido no paddock

Figura constante nas corridas de F1, John Button, pai do piloto Jenson Button, era muito querido por grande parte das pessoas que frequentam o paddock da categoria. Prova disso é que sua repentina morte provocou diversas reações emocionadas pelo mundo. No Brasil, os pilotos Rubens Barrichello e Felipe Massa manifestaram sentimento pela perda, assim como o bicampeão mundial Emerson Fittipaldi.

“Que perda triste”, escreveu Rubinho no Twitter ao lado de foto em que ele aparecia dando um afetivo abraço no pai de seu ex-companheiro de Honda e Brawn. “A F1 o amava muito, grande John. Sentiremos sua falta”, acrescentou o hoje piloto da Stock Car.

Felipe Massa também postou uma foto de John Button e lembrou que “uma das melhores pessoas do paddock havia falecido”. “Dia muito triste para a F1”, enfatizou. Já Emerson Fittipaldi enviou seus sentimentos à família de Jenson Button e disse que seu pai era “um grande pai, grande homem e grande amigo”, acrescentando ainda que “o automobilismo irá sentir muito sua falta”.

John Button foi encontrado morto em sua casa, no sul da França, no último domingo, aos 70 anos. Suspeita-se que ele sofreu um ataque cardíaco.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias