Barrichello pede que Williams não esqueça 2011

compartilhar
comentários
Barrichello pede que Williams não esqueça 2011
Por: Julianne Cerasoli
14 de jul de 2011 10:48

Com todas as novidades promissoras para o ano que vem, brasileiro teme que equipe pare de desenvolver o carro atual

Rubinho cobra equipe

Mudanças importantes no staff técnico e a chegada do motor Renault prometem um 2012 melhor para a Williams. Mas o que Rubens Barrichello mais quer é que a equipe não deixe de lado o carro deste ano.

Mesmo que venha sendo elogiado pelos chefes – o presidente da Williams, Adam Parr, afirmou nesta semana que o brasileiro "é, de longe, a melhor saída para a equipe" – Barrichello ainda não tem contrato para o ano que vem. O piloto vê o time de Grove indo no caminho certo.

“Acho que a chegada do Mike [Coughlan] vai ser boa para a equipe, bem como da Renault. É a evolução que eu havia pedido há algum tempo.”

Porém, Barrichello alerta para que a equipe não deixe de pensar no carro deste ano, que não nasceu bem, mas tem mostrado sinais de melhora. O piloto brasileiro teme que, deixando para trás o desenvolvimento deste ano, a Williams feche 2011 com o pior desempenho da história.

“Nada ainda de pensar em 2012, porque o que eu quero é que eles melhorem o carro deste ano. Caso contrário, vamos terminar com os mesmos quatro pontinhos neste campeonato, e não é isso que planejamos.”

(Colaboraram Felipe Motta e Luis Fernando Ramos)
 

Próxima Fórmula 1 matéria
Hamilton: mudança de regras não foi justa

Previous article

Hamilton: mudança de regras não foi justa

Next article

Polêmica de Silverstone não vai mudar relação com Webber, diz Vettel

Polêmica de Silverstone não vai mudar relação com Webber, diz Vettel

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Rubens Barrichello
Autor Julianne Cerasoli
Tipo de matéria Últimas notícias