Batida na largada traz de volta discussão sobre cockpits fechados

Alonso quase foi atingido pela Lotus de Grosjean, mas Jenson Button crê que assunto deve ser tratado com cuidado

A batida iniciada por Romain Grosjean na largada do GP da Bélgica colocou fogo em duas discussões no paddock da F-1: a possibilidade da adoção de cockpits fechados, para prevenir riscos como o que Fernando Alonso correu ao ver a Lotus do francês passar a centímetros de sua cabeça, e a necessidade de punições mais severas aos pilotos.

Para Jenson Button, nenhuma decisão sobre os cockpits cobertos pode ser tomada de uma hora para a outra, pois trata-se de uma área delicada.

“Estamos tentando [fazer mais pela segurança] e acho que a FIA está fazendo o mesmo. Se for algo passível de ser feito para proteger mais o piloto e não piorar outras áreas da segurança, é algo que precisamos melhorar. Não se pode fazer nada da noite para o dia. A FIA está trabalhando o tempo todo.”

De acordo com Paddy Lowe, projetista da McLaren e membro do grupo de engenheiros que trabalha para melhorar a segurança, é possível que as regras mudem em dois anos.

“Acho que em 2014 é nosso prazo porque iniciamos o projeto há um ano", revelou à BBC. "Pessoalmente, acredito que seja inevitável porque é a única grande exposição que temos. Quantas vezes teremos de olhar para coisas como o que aconteceu em Spa e pensar que foi sorte? Um dia não será e diremos: deveríamos ter feito algo. Mas ao mesmo tempo é uma fórmula com cockpit aberto e você quer preservar isso.”

Lowe explicou que uma peça de teste já está pronta e foi experimentada até o impacto de rodas. “Entendemos alguns dos parâmetros em termos de ângulos necessários e a resistência que essas peças devem ter. A próxima fase é melhorar a visibilidade.”

Perguntado sobre as punições, Felipe Massa acredita que é necessária coerência por parte dos comissários. Porém, comparando a F-1 ao futebol, lembrou que aquele que está sempre metido em confusão é olhado de maneira diferente. 

“É importante que a FIA analise 100% e dê a punição que o piloto merece. Quando eram outros pilotos, já falava a mesma coisa. É importante que haja um caminho certo para os pilotos aprenderem e seguirem o regulamento. No futebol, quando tem aquele jogador que cai sempre e não é falta, o juiz vai olhar mais e, mesmo quando for falta, pode ser que ele não dê. É importante a FIA seguir a regra. Se o piloto fizer algo de errado, tem de ser punido. Caso contrário, não.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Jenson Button , Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias