Bem-humorado, Ricciardo diz não saber onde estará em 2014

Australiano diz que terá de impressionar Marko na pista para assegurar vaga na Red Bull e espera fazer bom trabalho em Spa

Tido como um dos candidatos mais fortes para substituir Mark Webber na Red Bull em 2014, Daniel Ricciardo falou hoje que não tem nenhum sinal de que será titular do time austríaco no ano que vem e se disse feliz em voltar finalmente às atividades de fim de semana nesta quinta-feira na Bélgica.

“Com certeza alguns de vocês ficaram entediados na pausa de agosto. Eu fiquei. Mas não há nada mais a dizer além do que se disse em Budapeste até que alguém tome uma decisão. Ainda estou por aqui neste ano e não sei o que vai ser do ano que vem”, falou ao TotalRace.

“Estou feliz em estar correndo de novo. A pausa é boa, mas ter um tempo livre durante uma temporada não parece realmente um pausa. Para mim férias é no natal. Mas é ótimo voltar a correr. Durante a temporada é para correr, não ficar na praia.”

O australiano prefere ter cautela ao falar da Red Bull, já que ainda nada está definido e ressalta que há outros pilotos com credenciais para fazer um bom trabalho. “Eu aprendi que até algo esteja assinado tudo pode acontecer neste ambiente, ou em qualquer tipo de esporte ou qualquer negócio. Há muitos outros pilotos no grid que têm credenciais. Como eu disse, até que algo seja assinado não vou começar a comemorar. Mas estou feliz de voltar a correr neste fim de semana. Espero ter um bom resultado, voltar aos pontos. É o que posso fazer agora.”

“Não falei com Helmut Marko ainda, mas sinto que se ele vier para mim e disser algo como 'é assim que vai ser', tudo bem. Com este tipo de coisa, não dá para falar muito. Não acho que nada que eu fizer vá mudar sua mente. O melhor que posso fazer para impressioná-lo é na pista”, disse, e ainda brincou: “Mas acho que outro Q3 seria bom”.

Daniel também disse que a decisão não tem um prazo para ser tomada. “Não me colocaram um prazo. Acho que, para mim, qualquer que seja a decisão, eles irão me ligar e falar. Pelo menos para mim eles não gostam de botar muitos prazos. Com certeza saberei antes de 31 de dezembro, mas pode ser a qualquer hora.”

Sobre poder percorrer o mesmo caminho de Vettel, ele finalizou brincando: “Se pudesse seguir para a Red Bull e ganhar três campeonatos seguidos, ficaria muito feliz”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Pilotos Daniel Ricciardo
Tipo de artigo Últimas notícias