"Bondade dele fará falta", diz Toto Wolff sobre aposentadoria de Brawn

Executivo da Mercedes, última equipe de Ross Brawn, elogia ex-colega que, no último sábado, anunciou saída da F1

O anuncio da aposentadoria de Ross Brawn feito no último sábado pegou muita gente no paddock da F1 de surpresa. Para Toto Wolff, diretor de negócios da Mercedes, último time de Brawn, a categoria perde um ícone.

“Há sempre um grande impacto quando alguém como Ross vai embora. Ele era um líder icônico”, declarou ao site Sportinglife. "Sentiremos falta principalmente nos momentos estressantes dos fins de semana de corrida, por sua liderança e por sua bondade. Ele era extraodinário nisso”, completou.

Sobre a falta que Brawn fará à Mercedes, especificamente, o executivo minimizou, citando a força da organização. "É claro que sua ausência foi sentida, mas nós somos uma grande organização com algumas centenas de pessoas realmente boas e é por isso que estamos tentando construir as coisas", afirmou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias