Bottas: “Coração partido em Baku me deixará mais forte”

Valtteri Bottas diz que o desgosto de deixar escapar uma quase garantida primeira vitória da temporada 2018 de Fórmula 1 em Baku só serviu para torná-lo mais forte

Valtteri Bottas estava liderando em Baku e a apenas três voltas do final sofreu um furo no pneu depois de atropelar destroços - o que, além de lhe custar a vitória, tirou do piloto da Mercedes a chance de assumir a liderança do campeonato.

Mas, apesar do profundo desapontamento, Bottas não deixou que os acontecimentos o derrubassem - e, em vez disso, acredita que voltará em melhor forma.

"É claro que foi decepcionante, mas a vida e especialmente o automobilismo inclui decepções", disse Bottas, no palco ao receber o Prêmio Lorenzo Bandini na Itália na noite de sábado.

“Eu sempre acho que a decepção pode ser sua melhor oportunidade de ficar mais forte se você tomar o caminho certo. Por isso, estou planejando ser ainda mais forte no próximo final de semana e pelo resto do ano”.

Embora Mercedes pareça estar disputando contra a Ferrari no momento, Bottas acha que pequenos detalhes farão grande diferença em suas habilidades de avançar.

"Esta é a F1. É competitiva e, quando os regulamentos se mantêm mais ou menos iguais, é sempre mais apertado. Há três grandes equipes agora que esperamos estarem perto”.

“O que precisamos fazer é continuar observando os detalhes e aprendendo até mesmo com os pequenos, mesmo um centésimo de segundo de cada vez. Se pudermos encontrá-los regularmente, de todas as áreas - especialmente de nossas fraquezas - isso nos levará longe”.

Bottas também acha que as chances de progresso da Mercedes aumentarão se a equipe trabalhar em conjunto para progredir - em vez de depositar esperanças nas pessoas para encontrar a resposta.

"Se eu tenho que dizer uma coisa que precisamos fazer para chegar ao topo, é o trabalho em equipe. Manter o trabalho em equipe, como a equipe sempre fez, porque juntos você pode fazer muito mais do que sozinho".

Bottas atraiu milhares de fãs enquanto dirigia um Mercedes W07 nas estradas de Faenza para Brisighella para receber o Prêmio Bandini.

Com os vencedores anteriores, incluindo Michael Schumacher, Sebastian Vettel, Lewis Hamilton e Max Verstappen, Bottas disse que parecia um pouco irreal receber o prêmio.

“Quando criança, ainda no kart e via que tipo de pilotos recebia o troféu, nunca imaginaria que estaria aqui recebendo. Então isso significa muito”.

"Eu não recebi um troféu na semana passada, mas agora eu tenho, e é muito melhor. Eu estou realmente honrado”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Valtteri Bottas
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias