Bottas e Bianchi roubam a cena no fundo do pelotão

Finlandês ficou a menos de dois segundos de marcar primeiro ponto e francês superou companheiro em mais de 1min30

O finlandês Valtteri Bottas e novamente o francês Jules Bianchi roubaram a cena do meio para o final do pelotão. O piloto da Williams ficou a menos de dois segundos da zona de pontos com um carro que não andou bem durante todo o final de semana, enquanto o estreante da Marussia superou o companheiro Max Chilton em mais de 1min30.

Valtteri Bottas, Williams, 11º: “Quando começou a secar consegui ultrapassar alguns carros e tive uma corrida limpa. A equipe fez um grande trabalho com a estratégia e com algumas voltas poderia ter lutado por um ponto. Maximizamos nossas possibilidades hoje.”

Jules Bianchi, Marussia, 13º: “Estou feliz depois de ter terminado em 15º na primeira prova. Espero que a tendência continue! Não foi fácil porque largamos mal, o que dificultou a primeira parte da corrida. Só depois de umas 18 voltas consegui me livrar das Caterham e andar no meu ritmo. Foi bom segurar Maldonado por muito tempo, o que mostra que temos um carro para lutar com eles no futuro.”

Charles Pic, Caterham, 14º: “Estava entrando no box quando vi Vergne sendo liberado e não consegui parar, mas a equipe fez um grande trabalho e só perdi 25s para trocar pneus e o bico.  O incidente foi uma pena porque poderíamos ter acabado mais adiante. Pode ter custado uma posição.”

Giedo van der Garde, Caterham, 15º: “É uma pena que a chuva não tenha voltado para ter outra chance de mostrar o que podíamos fazer com os intermediários porque era muito rápido com eles, mas o carro melhorou muito com os compostos de seco em relação ao sábado. Precisamos trabalhar para diminuir as saídas de traseira nas entradas de curva.”

Max Chilton, Maurssia, 16º: “Estou um pouco desapontado porque parece que havia muita coisa contra nós. Primeiro, a largada não foi boa e perdi muito tempo na primeira volta. Ficar travado atrás das Caterham definiu minha corrida. O carro tem performance, mas ainda precisamos trabalhar para maximizá-la.”

Pastor Maldonado, Williams, abandonou: “Meu ritmo era bom, mas infelizmente minha corrida acabou depois que um problema no Kers nos forçou a abandonar. Vamos trabalhar duro para nos preparar para as próximas corridas.”

Adrian Sutil, Force India, abandonou: “Ambos os carros tiveram o mesmo problema com as porcas, que nos custaram muito tempo nos pits. Ainda não sabemos exatamente o que aconteceu, e foi por isso que a equipe decidiu parar ambos os carros. É uma pena porque tínhamos um carro muito rápido.”

Paul di Resta, Force India, abandonou: “É frustrante sair sem pontos de um final de semana em que estivemos competitivos sempre. A boa notícia é que temos performance no carro, mas definitivamente foi uma oportunidade perdida porque tínhamos potencial para marcar muitos pontos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Giedo van der Garde , Paul di Resta , Pastor Maldonado , Adrian Sutil , Max Chilton , Charles Pic , Jules Bianchi , Valtteri Bottas
Tipo de artigo Últimas notícias