Bottas fecha testes em Barcelona com o melhor tempo

compartilhar
comentários
Bottas fecha testes em Barcelona com o melhor tempo
Edd Straw
Por: Edd Straw
16 de mai de 2018 16:28

Valtteri Bottas terminou o segundo dia de testes pós-GP da Espanha como o mais rápido no geral, com a melhor volta de 1min16s904, obtida pouco antes do intervalo de almoço.

O piloto da Mercedes usou o supermacio da Pirelli para marcar seu tempo, sendo que ele e Antonio Giovinazzi, da Ferrari, trocaram de posição por várias vezes perto do intervalo.

Giovinazzi não conseguiu melhorar seu tempo da manhã e terminou 0s068 atrás de Bottas, com uma marca obtida com hipermacios e com a maior quilometragem do dia, com 148 voltas. 

Lando Norris, da McLaren, ficou em terceiro no geral, registrando 1min18s039 com pneus macios da Pirelli.

Ele chegou a rodar na Curva 12 durante a sessão da manhã, sendo que sua McLaren provocou uma bandeira vermelha na parte da tarde, quando parou na pista com um “pequeno problema” na volta de aquecimento. 

“Eu estava na curva 12, que é bastante complicada por causa do vento. Foi um erro de minha parte: forcei demais na entrada e perdi a traseira”, disse Norris.

“Na F2, você pode controlar o carro quando está saindo de traseira, e, pelo que todos veem na F1, com o alto downforce e a nova superfície, é complicado quando a traseira escapa e é difícil de recuperar.”

“Não danifiquei nada, foi apenas uma rodada.”

Kevin Magnussen ficou em quarto com o tempo obtido pela manhã, registrado de hipermacios, e provocou uma das bandeiras vermelhas da tarde quando escapou entre as curvas 2 e 3. 

Nikita Mazepin, da Force India, ficou em quinto com pneus macios, obtendo seu tempo a apenas 20 minutos do fim.

Jack Aitken fechou seu primeiro teste na F1 com o sexto lugar pela Renault, com o tempo da manhã, obtido de ultramacios. 

Atrás dele, nem Charles Leclerc, da Sauber, ou Robert Kubica, da Williams, melhoraram. Eles fecharam o dia com os tempos obtidos de hipermacios.

Pierre Gasly assumiu o cockpit de Sean Gelael na Toro Rosso e terminou 2s5 atrás de Bottas, usando médios, e à frente de Stoffel Vandoorne, que conduziu o teste da Pirelli pela McLaren.

Jake Dennis melhorou seu tempo para 1min20s440 com pneus médio, o que o deixou em 10º, à frente de Gelael, além do segundo carro de testes da Pirelli no dia, de Nicholas Latifi. 

Agora, o próximo dia de testes coletivos da F1 será em julho, pouco depois do GP da Áustria.

Pos Piloto Equipe Tempo Dif. Voltas
1 Valtteri Bottas Mercedes 1'16.904   139
2 Antonio Giovinazzi Ferrari 1'16.972 0.068 148
3 Lando Norris McLaren 1'18.039 1.135 90
4 Kevin Magnussen Haas 1'18.274 1.37 75
5 Nikita Mazepin Force India 1'18.344 1.44 112
6 Jack Aitken Renault 1'18.942 2.038 120
7 Charles Leclerc Sauber 1'18.993 2.089 139
8 Robert Kubica Williams 1'19.253 2.349 123
9 Pierre Gasly Toro Rosso 1'19.410 2.506 39
10 Stoffel Vandoorne McLaren 1'19.914 3.01 96
11 Jake Dennis Red Bull 1'20.440 3.536 75
12 Sean Gelael Toro Rosso 1'20.763 3.859 83
13 Nicholas Latifi Force India 1'21.412 4.508 121
Próxima Fórmula 1 matéria
McLaren diz que ainda não fala de renovação com Alonso

Previous article

McLaren diz que ainda não fala de renovação com Alonso

Next article

GALERIA: Grosjean e outros pilotos no “inferno astral” na F1

GALERIA: Grosjean e outros pilotos no “inferno astral” na F1
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento Teste de maio em Barcelona
Localização Circuit de Barcelona-Catalunya
Autor Edd Straw
Tipo de matéria Relato de testes