Bottas não crê que déficit da Ferrari em Sochi seja "real"

compartilhar
comentários
Bottas não crê que déficit da Ferrari em Sochi seja
Valentin Khorounzhiy
Por: Valentin Khorounzhiy
28 de set de 2018 18:58

Finlandês diz que não acredita que diferença da Ferrari para Mercedes nos treinos de sexta-feira para o GP da Rússia seja verdadeiro

Valtteri Bottas ficou em segundo lugar no segundo treino livre desta sexta-feira, com o companheiro de equipe da Mercedes, Lewis Hamilton à frente, enquanto que a Ferrari terminou o dia atrás não apenas da Silver Arrows, mas também da Red Bull.

A Mercedes venceu todos os GPs da Rússia desde que a pista de Sochi, que favorece a potência, aderiu ao calendário da Fórmula 1 em 2014, mas se esperava que o duelo com a Ferrari neste fim de semana fosse mais intenso, dados os ganhos da Scuderia.

E apesar dos resultados da sexta-feira, Bottas não estava convencido de que a Mercedes detém uma vantagem decisiva sobre seu rival.

Leia também:

Perguntado se a diferença inicial para a Ferrari em Sochi era representativa, Bottas disse: “Eu não acredito que seja real. Acho que será muito próximo amanhã.”

“Normalmente eles têm sido muito fortes nas retas, mas hoje eles não parecem ter potência total ou algo assim, então veremos amanhã.”

"Acho que foi um bom dia para nós, pelo menos no papel, parece que estamos rápidos, mas é apenas sexta-feira e vimos a Ferrari não dando tudo o que tem com seu carro."

Quando essa mesma pergunta foi colocada para Hamilton, o líder do campeonato disse: “Eu realmente não tenho ideia.”

"Meu estrategista terá uma ideia melhor do que está fazendo com combustível e todo esse tipo de coisa, mas não sei se eles não tiveram voltas limpas hoje."

Sebastian Vettel, da Ferrari, que terminou o dia em quinto e rodou no segundo treino, sugeriu que o SF71H realmente não tenha ritmo na sexta-feira.

"Nós tentamos tudo hoje e, obviamente, não fomos rápidos o suficiente", admitiu.

"O carro não esteve bem, por isso não seria uma surpresa se outras pessoas fossem mais rápidas.”

"Precisamos encontrar as razões e esperamos melhorar amanhã."

O alemão disse que a Ferrari estava atrás de seus rivais na classificação e nas corridas.

“Não foi uma sessão particularmente limpa, mas ainda é boa o suficiente [para ser representativa].

“Nós sofremos com os pneus com ou sem tráfego, certamente o tráfego não ajuda, mas acho que temos algumas coisas para fazer.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Novo acordo de Magnussen com Haas vai até final de 2020

Previous article

Novo acordo de Magnussen com Haas vai até final de 2020

Next article

Ocon pode se tornar terceiro piloto da Force India em 2019

Ocon pode se tornar terceiro piloto da Force India em 2019
Load comments