"Bottas não fez nada de errado", diz chefe da Williams

Rob Smedley defendeu seu piloto no embate com Kimi Raikkonen no domingo, durante GP do México

No último domingo, no GP do México, Valtteri Bottas bateu na curva cinco em seu compatriota, Kimi Raikkonen, o que levou o piloto da Ferrari a abandonar a corrida.

O chefe de desempenho da Williams, Rob Smedley, fez questão de afirmar de que Bottas não tinha culpa, já que ele estava na zebra quando Kimi veio para cima dele.

"Valtteri não fez nada de errado. Ele não tinha como entrar mais na curva cinco. Dissemos antes que era uma curva difícil de se defender. A coisa mais intuitiva a se fazer era defender a linha de dentro."

"Mas dissemos que desde que você esteja lá, você tem que permanecer nesse traçado nas três curvas seguintes. Kimi fez isso. Valtteri deu espaço a ele o suficiente do lado de fora do lado esquerdo, não havia outro lugar para ele ir."

"Ele já havia colocado duas rodas na pista. Kimi sabia que ele estava lá , como já havia se defendido antes. "

"Tivemos sorte, não houve qualquer tipo de dano. Ele poderia ter saído da corrida", disse Smedley.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do México
Pista Autodromo Hermanos Rodriguez
Pilotos Valtteri Bottas
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias